Futebol Ederson conquista prêmio de melhor goleiro do mundo em 2023

Ederson conquista prêmio de melhor goleiro do mundo em 2023

Temporada 'perfeita' do Manchester City e aparições na seleção de Diniz renderam ao goleiro o posto de melhor jogador na posição

Agência Estado - Esportes
Goleiro alcançou o triplete continental defendendo o clube inglês Manchester City

Goleiro alcançou o triplete continental defendendo o clube inglês Manchester City

Reprodução/Instagram @ederson93

O brasileiro Ederson, do Manchester City e titular da seleção brasileira de Fernando Diniz, foi eleito nesta quarta-feira (27) o melhor goleiro do mundo em 2023 pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol).

Ederson, de 30 anos, chegou ao Manchester City em 2017 e desde então sempre apareceu entre os dez melhores da lista da IFFHS. A conquista do topo, porém, só veio com a temporada praticamente perfeita do City, que conquistou a tríplice coroa (Liga dos Campeões, Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra) e o Mundial de Clubes, além da titularidade na seleção.

Ele é o segundo brasileiro a conquistar o prêmio. O primeiro foi Alisson, do Liverpool, em 2019. O titular do Brasil nas duas últimas Copas aparece na oitava posição na lista de 2023. O Brasil é o único país que tem dois representantes no top 10.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Ederson totalizou 145 pontos, quase o dobro do segundo colocado, o argentino Emiliano Martinez, do Aston Villa, campeão da Copa do Mundo do Catar, que teve 76. O belga Thibaut Courtois, do Real Madrid, ficou em terceiro lugar, com 73.

Confira os melhores goleiros de 2023 pela IFFHS:

1º – Ederson (Brasil), do Manchester City;

2º – Emiliano Martinez (Argentina), do Aston Villa;

3º – Thibaut Courtois (Bélgica), do Real Madrid;

4º – Marc-Andre Ter Stegen (Alemanha), do Barcelona;

5º – Jan Oblak (Eslovênia), do Atlético de Madri;

6º – Gianluigi Donnarumma (Itália), do PSG;

7º – Yassine Bounou (Marrocos), do Sevilla/Al-Hilal;

8º – Alisson (Brasil), do Liverpool;

9º – Andre Onana (Camarões), da Inter de Milão/Manchester United;

10º – Mike Maignan (França), do Milan.

City faz 4 a 0 no Fluminense e é campeão Mundial pela primeira vez; veja as melhores fotos da final

Últimas