Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Tite torce por empate em Jogo da Amizade, mas avisa: "Não vou tirar a ambição do jogador"

Treinador exaltou a importância do duelo contra a Colômbia para as vítimas do voo da Chape

Futebol|Do R7

Batizado de Jogo da Amizade, por ter sido marcado justamente para ajudar as vítimas da tragédia que envolveu a Chapecoense no último mês de novembro, o amistoso entre as seleções de Brasil e Colôlmbia, marcado para o dia 25, no Engenhão, teria que terminar sem vencedor. Pelo menos na opinião de Tite, comandante da seleção verde-amarela.

Tite convocou 23 jogadores
Tite convocou 23 jogadores Tite convocou 23 jogadores

Na visão do comandante, o caráter do duelo envolve muito mais do que a simples competição pela vitória. "Para mim já houve um jogo aqui valendo. Enquanto ser humano, para mim não importa o resultado. Poderia ser o empate, para mim, como ser humano. Se há um jogo que eu não gostaria que houvesse vencedor seria esse. É de uma grandeza muito maior", discursou.

Apesar de ressaltar repetidamente que gostaria de ver um empate no confronto, Tite assegurou, paralelamente, que não pedirá a ninguém do grupo para poupar esforços na busca pelo melhor resultado dentro do campo de jogo.

Jogadores comemoram convocação no Instagram

Publicidade

Tite abre portas para "surpresas" permanecerem na seleção

Convocação divide internautas nas redes sociais

Publicidade

"Em nenhum momento vou retirar do atleta a capacidade de pensar que tem qualidade e pode estar na outra. São situações paralelas. Uma é de sentimento, de preparação. Outra é de objetivos, que cada atleta tem. Não vou retirar a ambição de cada um. Não é ser puritano, pensar que não vai ter competição. Mas dá para ser leal. A gente quer repetir esse padrão, forte e competitivo, mas de futebol", pediu.

A seleção brasileira tem apresentação marcada para o dia 24 e, no mesmo dia, já realizará o único treino no gramado do Engenhão. O duelo está marcado para o dia seguinte e a renda do amistoso será revertida para as famílias das vítimas da tragédia da Chape. A baixa procura por ingressos até o momento tem, para Tite, uma explicação.

Publicidade

"Quando vi o estádio e as ruas próximas lotadas, isso arrepiou. A gente não precisa que uma desgraça faça a gente colocar o lado humano para fora. Agora também é uma grande oportunidade de retribuir todo o carinho em cima de algo que não gostaríamos de estar fazendo, mas ela é importante. Tenho certeza que quem comparecer também vai demonstrar esse lado humano. Agora quem sofre é o pai, esposa, filho. E essa é a forma que encontramos para ser solidários. Tomara que essa força que nós sentimos, eles possam sentir também", concluiu.

O meia Camilo, convocado pela primeira vez para a seleção de Tite para esse amistoso, era amigo pessoal de boa parte das vítimas do voo da Chapecoense, já que defendeu as cores do clube catarinense antes de se transferir para o Botafogo. Bruno Rangel, maior artilheiro da história da Chape, e que estava entre as 71 vítimas do acidente, havia sido convidado para ser o padrinho do filho dele.

R7 Esportes agora está no Youtube. Inscreva-se

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.