Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Tigres, do México, é o adversário do Palmeiras na estreia do Mundial

Mexicanos venceram Ulsan, da Coreia do Sul, por 2 a 1, de virada. Destaque foi para francês Gignac, que marcou duas vezes

Futebol|Do R7


Ulsan e Tigres jogaram para definir adversário do Palmeiras no Mundial
Ulsan e Tigres jogaram para definir adversário do Palmeiras no Mundial

O Palmeiras conheceu na tarde desta quinta-feira (4) o adversário da estreia do Mundial de Clubes da Fifa. Será o Tigres, do México, que venceu de virada do Ulsan, por 2 a 1, no estádio Al Rayyan, em Doha, capital do Qatar.

Os três gols foram ainda no primeiro tempo. Os sul-coreanos saíram na frente com Kee-Hee Kim, mas o Tigres virou com dois do francês Gignac.

Pode parecer mentira, mas o primeiro destaque do Mundial de Clubes da Fifa foi a bola. Somente após seis minutos de partida, os atletas pararam de reclamar que a bola estava murcha. Olha que trocaram quatro vezes o principal objeto usado no futebol. A brasileira Edna Alves, quarta árbitra para a partida, tratou de solucionar a questão.

Com o problema resolvido, o Ulsan começou melhor que o favorito Tigres, que estava mais lento e não conseguia dominar partida. Já os sul-coreanos tiveram mais calma e abriram o placar aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio, o capitão Kee-Hee Kim subiu sozinho e cabeçou para as redes mexicanas. 

Publicidade

Leia também

O campeão da Champions da Concacaf não se intimidou com o gol e melhorou em campo. O Tigres dominou e conseguiu empatar com Gignac. Depois de cobrança de escanteio, o francês recebeu sozinho na área e acertou o chute. 

A virada mexicana veio com o auxílio do árbitro de vídeo. Numa disputa na área, Kee-Hee Kim tocou com a mão na bola e juiz deu pênalti após conferir o VAR. Gignac bateu bem e fez o segundo dele no jogo. 

Publicidade
Brasileira Edna Alves era a quarta árbitra do jogo
Brasileira Edna Alves era a quarta árbitra do jogo

Os sul-coreanos voltaram melhor para o segundo tempo. O Tigres não conseguiu manter o ritmo dos quinze minutos finais da primeira etapa. Bit-Garam Yoon chegou a empatar com um golaço, mas estava impedido e não valeu.

Substituição após choque de cabeça

Publicidade

A Fifa decidiu testar no Mundial a troca de jogadores após choque de cabeça, sem que a substituição entre na conta das cinco permitidas. Foi o que aconteceu entre Kee-Hee Kim e Aquino e, pela primeira vez, os jogadores foram substituídos. Entraram Fulgencio, no Tigres; e Sung-Joon Kim, no Ulsan. A entidade que cuida do futebol pretende incorporar a regra nas competições organizadas por ela.

O time do México é formado na maioria por jogadores acima dos 30 anos e eles não buscaram muito o jogo. Pelo lado dos coreanos, a dominação em campo não virou gols.

Palmeiras e Tigres se enfrentam na semifinal do Mundial no próximo domingo (7), às 15h. 

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Palmeiras se hospeda em hotel de muito luxo para Mundial de Clubes

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.