Futebol Técnico Adilson Batista deixa a UTI: 'ganhei uma nova chance na vida'

Técnico Adilson Batista deixa a UTI: 'ganhei uma nova chance na vida'

Treinador sofreu um infarto na última quinta-feira e precisou ser levado às pressas para o hospital. Ele seguirá em observação

  • Futebol | Do R7

Último trabalho de Adilson Batista foi no Cruzeiro

Último trabalho de Adilson Batista foi no Cruzeiro

Cruzeiro

Recuperado de um infarto sofrido na última semana, o técnico Adilson Batista deixou a UTI neste domingo. Em um vídeo postado nas redes sociais, ele agradeceu todo o apoio que recebeu nos últimos dias.

"Ganhei mais uma nova chance na vida. Gostaria de, primeiramente, agradecer a Deus e aos médicos. Saí da UTI agora há pouco, vim para o quarto. Deu tudo certo, graças a Deus. Só tenho a agradecer", disse ele, citando os médicos que trataram de sua saúde no período.

O técnico sofreu o infarto na quinta-feira e passou por dois cateterismos em um hospital de Curitiba. Ele recuperou-se bem e pôde deixar a UTI e passar para o quarto neste domingo. Segundo a família, ele deve permanecer em observação por duas semanas.

Adilson, de 52 anos, teve passagens marcantes como jogador pelo próprio Cruzeiro, além de Inter, Atlético-MG e Grêmio, onde foi capitão da conquista da Libertadores, em 1995. Ele também atuou no futebol japonês antes de encerrar a carreira no Corinthians, em 2001.

Como técnico, ele também passou por clubes importantes do futebol brasileiro, como o Grêmio, o Cruzeiro, o Corinthians, o Santos, o Athletico-PR, o São Paulo e o Vasco da Gama.

Alex Zanardi fala pela primeira vez desde grave acidente de bicicleta

Últimas