Futebol Após infarto, Adilson Batista melhora e deve deixar UTI amanhã

Após infarto, Adilson Batista melhora e deve deixar UTI amanhã

Após grande susto, experiente treinador, de 52 anos, deve continuar em observação no hospital por mais duas semanas

  • Futebol | Do R7

Adilson Batista teve algumas passagens como técnico do Cruzeiro

Adilson Batista teve algumas passagens como técnico do Cruzeiro

Bruno Haddad/Cruzeiro

Um dia após sofrer um infarto e ser internado às pressas no Hospital Cardiológico Costantini, em Curitiba, Adilson Batista começa a melhorar. De acordo com a assessoria de imprensa do treinador, ele deve deixar a UTI neste domingo e, por ora, não precisará passar por cirurgia.

"Adilson Batista está bem e deverá ser transferido para o quarto amanhã, deixando a UTI. Segundo o médico responsável ele deverá permanecer em observação ainda por mais duas semanas. Como a resposta foi boa até aqui, talvez não seja necessária a cirurgia", informou a equipe de comunicação do treinador, que teve como último trabalho a passagem no Cruzeiro, no início de 2020.

Adilson, de 52 anos, teve passagens marcantes como jogador pelo próprio Cruzeiro, além de Inter, Atlético-MG e Grêmio, onde foi capitão da conquista da Libertadores, em 1995. Ele também atuou no futebol japonês antes de encerrar a carreira no Corinthians, em 2001.

Como técnico, ele também passou por clubes importantes do futebol brasileiro, como o Grêmio, o Cruzeiro, o Corinthians, o Santos, o Athletico-PR, o São Paulo e o Vasco da Gama.

Ex da mãe de Neymar foge de clínica e tenta suicídio, garante colunista

Últimas