Campeonato Brasileiro

Futebol Suspeito de ameaçar família de Willian, do Corinthians, é preso

Suspeito de ameaçar família de Willian, do Corinthians, é preso

A informação foi confirmada pelo delegado Cesar Saad e a prisão teria sido realizada no Capão Redondo

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Meia Willian em treino com o bola pelo Timão

Meia Willian em treino com o bola pelo Timão

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O suspeito de ter ameaçado a família do meia Willian, do Corinthians, foi preso na manhã desta quinta-feira (dia 2), pela Polícia Civil de São Paulo. A informação foi confirmada pelo delegado Cesar Saad e a prisão teria sido realizada no Capão Redondo, na Zona Sul da capital paulista.

A identidade do suspeito não foi revelada. Na manhã de quarta-feira (dia 1), o jogador do Timão foi até a polícia registrar boletim de ocorrência por ameaças a seus familiares nas redes sociais.

Em uma das mensagens feitas por um torcedor identificado como "raphaoriginal", diz as seguintes palavras: "Corinthians é tiro, é bandido, é facada, time de favela, de bagunça. Não é essa porra que tá aí não, cambada de marica. Ou joga por amor ou joga por terror!! Já vai tarde, fi (sic). Tem que ser homem em dobro pra vestir nossa camisa, cuzão", escreveu em post, marcando o jogador.


Foi a segunda vez desde que voltou ao Brasil, que Willian procurou a polícia por conta de situações de violência virtual. Em abril, depois que o Timão perdeu para o Always Ready (Bolívia) por 2 a 0, na estreia da Libertadores, o meia foi um dos jogadores que recebeu ameaças virtuais. Assim como Cássio e Paulinho, registrou B.O. na ocasião.

Willian é dúvida para o jogo deste sábado (dia 4), contra o Atlético-GO, às 20h30, fora de casa, pela 9ª rodada do Brasileirão. Na partida passada, no empate em 1 a 1 com o América-MG, o meia foi substituído ainda no primeiro tempo, por conta de uma pancada na perna esquerda.

Brasil vence Coreia do Sul com tranquilidade em jogo amistoso; confira fotos da partida

Últimas