Futebol Sósias do Flamengo enganaram motorista em embarque do título

Sósias do Flamengo enganaram motorista em embarque do título

Imitadores estavam no aeroporto quando atletas foram deixados para embarcar para último jogo do Brasileirão, em SP

O motorista do ônibus que levou os jogadores do Flamengo para o aeroporto Santos Dumont, na zona sul do Rio de Janeiro, no dia 24 de fevereiro, um dia antes da partida do título do Campeonato Brasileiro, contra o São Paulo, no Morumbi, carregou duas vezes os mesmo rostos.

Na verdade, primeiro levou os jogadores de verdade e deixou na área de desembarque do aeroporto. Em seguida, foi enganado pelo time de sósias dos atletas, que estavam vestidos com o mesmo uniforme do time, e entraram no ônibus como se fossem o elenco.

Sósias do time do Flamengo entraram em ônibus do clube

Sósias do time do Flamengo entraram em ônibus do clube

Divulgação

Segundo Jeferson Thiago Rosário de Sales, de 36 anos, que é sósia do Gabigol, depois que o time verdadeiro desceu do ônibus e seguiu para o aeroporto, o veículo voltaria vazio. Mas um dos imitadores deu sinal ao motorista, e disse que eles haviam ficado no lugar errado, e que era para ir até a área de embarque. O motorista liberou a entrada, pensando se tratar dos jogadores.

Entraram no ônibus os sósias do Gabigol, Willian Arão, Arrascaeta, Bruno Henrique, Diego, Filipe Luís, Gerson, Vitinho e Pedro. O ônibus seguiu e eles só desceram depois que a Polícia Militar notou que não eram os verdadeiros jogadores.

"Foi uma das melhores sensações que já tive. A gente não foi com essa intenção, nunca imaginávamos, mas foi uma coisa de momento, que aconteceu, e na emoção conseguimos entrar", conta o sósia do Gabigol.

O time de sósias do Flamengo ainda ficou no aeroporto e enganou pessoas que estavam no local, que pediam para tirar fotos pensando que eram mesmo os atletas. 

Últimas