Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Sem o Santos, Copa do Brasil 2024 tem todos os times definidos

A competição conta com 92 participantes e tem início previsto para o dia 21 de fevereiro

Futebol|Do Live Futebol BR

São Paulo é o atual campeão da Copa do Brasil
São Paulo é o atual campeão da Copa do Brasil São Paulo é o atual campeão da Copa do Brasil

Competição mais democrática do país, a Copa do Brasil de 2024 conheceu todos os classificados neste domingo (3). Entre os 92 participantes, a ausência mais sentida é a do Santos, único clube da Série A do Brasileiro a ficar de fora.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

Campeão da Copa do Brasil em 2010, o Peixe foi "atrapalhado" pela mudança nos critérios de classificação para a Copa do Brasil. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) acabou com as vagas pelo ranking nacional de clubes, o que deu um peso maior para os campeonatos estaduais.

Publicidade

Leia também

Mesmo com a FPF (Federação Paulista de Futebol) tendo direito a seis vagas — cinco pelo Paulistão e uma pela Copa Paulista —, o Santos ficou de fora, pois terminou na 12ª colocação na classificação geral do Estadual.

São Paulo, inclusive, é o estado com mais integrantes na Copa do Brasil de 2024: Água Santa, Botafogo, Bragantino, Corinthians, Ituano, Palmeiras, Portuguesa Santista, São Bernardo e São Paulo.

Publicidade

É bom lembrar que 12 times entram diretamente na terceira vaga da Copa do Brasil: Fluminense (campeão da Libertadores), São Paulo (atual campeão da Copa do Brasil), Ceará (campeão da Copa do Nordeste), Goiás (campeão da Copa Verde), Vitória (campeão da Série B), Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo, Botafogo, Bragantino e Grêmio (integrantes do G6 do Brasileirão) e Athletico-PR (melhor time do Brasileirão que não vai disputar a Libertadores).

Confira abaixo os participantes da Copa do Brasil de 2024

Acre: Rio Branco e Humaitá

Alagoas: ASA, CRB e Murici

Amapá: Trem e Independente

Amazonas: Amazonas e Manauara

Bahia: Bahia, Itabuna, Jacuipense e Vitória

Ceará: Ceará, Ferroviário, Fortaleza e Iguatu

Distrito Federal: Brasiliense e Real Brasília

Espírito Santo: Nova Venécia e Real Noroeste

Goiás: Anápolis, Aparecidense, Atlético e Goiás

Maranhão: Maranhão, Moto Club e Sampaio Corrêa

Mato Grosso: Cuiabá, Operário VG e União Rondonópolis

Mato Grosso do Sul: Costa Rica e Operário

Minas Gerais: América, Athletic Club, Atlético, Cruzeiro, Tombense, Villa Nova

Pará: Águia de Marabá, Paysandu e Remo

Paraíba: Souza e Treze

Paraná: Athletico, Cianorte, Coritiba, FC Cascavel, Maringá e Operário

Pernambuco: Petrolina, Retrô e Sport

Piauí: Fluminense e River

Rio de Janeiro: Audax, Flamengo, Fluminense, Nova Iguaçu, Olaria, Portuguesa e Vasco

Rio Grande do Norte: ABC e América

Rio Grande do Sul: Caxias, Grêmio, Internacional, Juventude, São Luiz e Ypiranga

Rondônia: Ji-Paraná e Porto Velho

Roraima: GAS e São Raimundo

Santa Catarina: Brusque, Criciúma e Marcílio Dias

São Paulo: Água Santa, Botafogo, Bragantino, Corinthians, Ituano, Palmeiras, Portuguesa Santista, São Bernardo e São Paulo

Sergipe: Confiança e Itabaiana

Tocantins: Capital e Tocantinópolis

Veja sete motivos para acreditar que Ancelotti não assume a seleção brasileira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.