Futebol São Paulo sai perdendo do Juventude, mas busca empate com gol de pênalti nos acréscimos

São Paulo sai perdendo do Juventude, mas busca empate com gol de pênalti nos acréscimos

Fora de casa, Tricolor teve grandes dificuldades, foi para o intervalo perdendo de 2 a 0, mas buscou a igualdade no 2º tempo

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luciano, do São Paulo, e Yuri Lima, do Juventude, disputam bola pelo alto

Luciano, do São Paulo, e Yuri Lima, do Juventude, disputam bola pelo alto

Fernando Alves/ Juventude

Em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil, o São Paulo visitou o Juventude na noite desta quarta-feira (20) para o jogo de ida, e acabou empatando por 2 a 2 no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O time gaúcho saiu na frente com gols dos paraguaios Isidro Pitta e Óscar Ruíz ainda no 1º tempo. Arboleda descontou para o Tricolor na segunda etapa e Reinaldo, de pênalti, deixou tudo igual já nos acréscimos.

Com o resultado, o jogo segue aberto no duelo da volta, que acontecerá no Estádio do Morumbi, na capital paulista, no dia 12 de maio, às 19h30. Pelo regulamento, igualdade no placar agregado leva a decisão para as penalidades máximas.

De volta ao Brasileirão
Antes do jogo de volta, os times viram a chave e voltam a se preocupar com o Campeonato Brasileiro. O Tricolor Paulista enfrenta o RB Bragantino no próximo sábado (23), às 16h30, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Já o Papo recebe o Cuiabá no domingo (24), às 18h, novamente no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo

O São Paulo iniciou o jogo com muitas dificuldades e bastante apático. Em contrapartida, os donos da casa se sentiam confortáveis para sair jogando e aproveitando os espaços deixados pelo Tricolor. Bastante concentrado, o Juventude abriu o placar aos 24’, com Pitta. Até então, o time paulista não havia conseguido chegar e não levava nenhum perigo ao gol de César.

Aos 33’, Pitta brilhou novamente, deu uma bela assistência para Óscar Ruíz, que mandou para o gol de fora da área e ela foi no ângulo de Jandrei. Um golaço!

O Juventude continuava fazendo o que queria na defesa do Tricolor. Com uma marcação fraca, o Papo tocava a bola com maestria na saída de bola. Sem espaços, o São Paulo não conseguiu jogar e o árbitro encerrou o primeiro tempo

Na segunda etapa, o São Paulo voltou melhor e mais ligado no jogo. O técnico Rogério Ceni realizou algumas mudanças que prontamente surtiram efeito. Logo aos 2’, o time do Morumbi teve um escanteio a seu favor. Na cobrança, Arboleda subiu mais que todos e cabeceou para o fundo das redes, diminuindo o placar para o Tricolor.

Apesar disso, a euforia logo acabou e o São Paulo passou a ter a mesma apatia do primeiro tempo e dar mais espaços ao adversário. Aos 17’, Pitta quase marcou o segundo dele na partida, após cabecear perfeitamente e obrigar Jandrei a fazer uma difícil defesa. Aos 18’, Rafael Forster chegou a ampliar, mas o bandeira já marcava impedimento.

Eduardo Baptista também ia mexendo em suas peças e aos 22’ colocou Edinho no lugar de Óscar Ruíz. Logo no primeiro lance, o jogador sofreu uma entorse no tornozelo em disputa de bola com o Miranda e precisou ser substituído.

Aos 31’, Calleri teve uma oportunidade de cabeça, posição na qual já marcou vários gols nesta temporada. Mesmo com um bom posicionamento e movimentação, o jogador acabou mandando para fora.

Aos 39’, Jean quase ampliou para o Papo com um golaço, mas a bola passou muito próxima ao ângulo de Jandrei e não entrou por pouco.

O árbitro assinalou sete minutos de acréscimo e logo na sequência, Paulinho Moccelin encostou a mão na bola dentro da área e o pênalti foi marcado em favor do Tricolor. Na cobrança, Reinaldo deixou tudo igual no placar.

O gol deu ânimo para o São Paulo, mas não dava tempo para mais nada e o árbitro encerrou o jogo.

FICHA TÉCNICA
Juventude 2 x 2 São Paulo
Local: Estádio Alfredo Jaconi - Caxias do Sul - Rio Grande do Sul
Data e hora: quarta-feira (20/04), às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Gols: Pitta aos 24’/1ºT e Óscar Ruiz aos 33’/1ºT (Juventude); Arboleda aos 2’/2ºT e Reinaldo, de pênalti, aos 47’/2ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: Luciano, Reinaldo, Arboleda (São Paulo), Guilherme Parede, Willian Matheus e Vitor Mendes (Juventude)

JUVENTUDE: César; Rodrigo Soares (Rômulo), Vitor Mendes, Rafael Forster e Willian Matheus; Jadson, Yuri Lima e Óscar Ruiz (Edinho / Guilherme Parede); Capixaba (Jean), Pitta (Vitor Gabriel) e Paulinho Moccelin. Técnico: Eduardo Baptista

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vínicius (Moreira), Arboleda, Miranda e Reinaldo; Pablo Maia, Talles (Nikão), Gabriel Sara (Rodrigo Nestor) e Alisson (Patrick); Luciano (André Anderson) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

R$ 80 milhões para o campeão! Saiba os valores das premiações de cada fase da Copa do Brasil

Últimas