Campeonato Brasileiro

Futebol Santos perde para o Goiás e desperdiça chance de liderar 

Santos perde para o Goiás e desperdiça chance de liderar 

Peixe leva 1 a 0 na etapa inicial, muda jogadores, tenta pressionar, mas donos da casa seguram o resultado favorável pelo Brasileirão

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Maicon voltou a jogar pelo Santos após superar problema na coxa esquerda

Maicon voltou a jogar pelo Santos após superar problema na coxa esquerda

Santos FC

O Santos desperdiçou a chance de voltar a ser líder do Campeonato Brasileiro ao perder para o Goiás por 1 a 0 na noite deste domingo (15) – gol de Elvis, de pênalti.

Com 10 pontos, o Peixe fica na quinta posição. Já o Esmeraldino ocupa a colocação de número 13, com oito. Encerrando a sexta rodada da competição, a partida foi disputada no Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia.

O Peixe agora se prepara para jogo de volta com os chilenos do Unión La Calera, na quarta-feira (18), às 21h30, na Vila Belmiro, pela Copa Sul-Americana. No Brasileirão só volta a atuar contra o Ceará no sábado (21), às 18h30, na Arena Barueri. O próximo compromisso do Goiás será também no sábado (21), às 16h30, no Maracanã, igualmente pelo campeonato nacional.

O jogo
O Santos tentou, logo de cara, estar mais no ataque do que os donos da casa. Buscou levar perigo com cabeceio do artilheiro Marcos Leonardo, aos 5’, mas a bola saiu por cima.

Apesar do ímpeto de se lançar à frente, o Peixe começou a sofrer investidas do Goiás. Deu resultado aos 16’: Apodi recebeu a bola dentro da área e foi derrubado por Velázquez. Pênalti que Elvis transformou em gol, o quarto de sua autoria na competição, aos 18’.

Goiás à frente no placar em meio às já costumeiras queixas do técnico santista Fabián Bustos contra a arbitragem. Ele acabou levando cartão amarelo por reclamação.

O Santos ainda teve um escanteio aos 30', mas desperdiçou. Pouco depois, aos 36', Dadá Belmonte buscou construir uma jogada mais aguda para o Goiás na esquerda, mas a bola escapou após tentativa de drible.

Aos 43' e aos 44', as melhores chances do Peixe: chutes fortes de Lucas Pires e Zanocelo, que Tadeu defendeu. Ficou nisso. Goiás na frente: 1 a 0.

Etapa final
As equipes voltaram sem modificações. O Santos manteve, inclusive, Maicon que, aos 33 anos, fazia seu retorno na zaga após ausência em três partidas por conta de desconforto na coxa esquerda.

Logo do primeiro minuto, João Paulo precisou agir: grande defesa do capitão santista em cabeceio de Caetano. Aos 3', tentativa de Apodi e novamente o arqueiro do Peixe teve trabalho em dividida com o adversário.

Aos 10', Marcos Leonardo tentou anotar seu nono gol na temporada, mas o chute saiu fraco. O técnico Fabián Bustos percebeu que já estava passando da hora de mexer: colocou Sandry no lugar de Zanocelo e Rwan Seco substituiu o próprio Marcos Leonardo.

O Goiás também mudou pouco depois de cobrar um escanteio, aos 21': Nícolas e Felipe Bastos no lugar de Pedro Raul e Elvis. Quase ao mesmo tempo, mais alteração no Peixe: saíram Julio e Baptistão e entraram Lucas Braga e Ricardo Goulart.

A velocidade de Dadá Belmonte e o fôlego de Apodi seguiam dando esperança de ampliação do placar para o torcedor esmeraldino enquanto que o Alvinegro Praiano tentava encontrar uma maneira de levar mais perigo aos goianos.

Apodi acabou sendo substituído por Maguinho e Auremir entrou no lugar de Caio em decisão do técnico Jair Ventura para tentar fechar os caminhos do Santos. Que mudou novamente: saiu Fernández, entrou Pirani.

E saiu gol do Santos, com Madson, de cabeça, aos 32', mas o impedimento foi assinalado e confirmado pelo VAR.

O Alvinegro Praiano tentou pressionar, mas o Verdão da Serra, que ainda trocou Diego por Juan, não se desesperou. Primeira vitória em casa do Goiás e segunda do time no campeonato.

O Peixe segue devendo melhores atuações como visitante e volta para o litoral paulista sem conseguir retomar a ponta da tabela.

FICHA TÉCNICA

Goiás 1 x 0 Santos
Local: Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia (GO)
Data e hora: domingo (15/5), às 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa e Renan Guiar (CE)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Gol: Elvis (Goiás), aos 18'/1ºT

Cartões amarelos: Fabián Bustos (Santos), aos 20'/1ºT

GOIÁS: Tadeu; Da Silva, Sidimar e Caetano; Caio Vinícius (Auremir), Matheus Sales, Apodi (Maguinho), Elvis (Felipe Bastos) e Diego (Juan); Dadá Belmonte e Pedro Raul (Nícolas). Técnico: Jair Ventura.

SANTOS: João Paulo; Madson, Velázquez, Maicon e Lucas Pires; Rodrigo Fernández (Gabriel Pirani), Vinícius Zanocelo (Sandry) e Léo Baptistão (Ricardo Goulart); Jhojan Julio (Lucas Braga), Bryan Angulo e Marcos Leonardo (Rwan Seco). Técnico: Fabián Bustos.

Milan fica muito perto do título italiano; Veja os destaques do futebol europeu

Últimas