Futebol Santos é eliminado pelo Bahia nos pênaltis na Copa do Brasil e vê pressão aumentar

Santos é eliminado pelo Bahia nos pênaltis na Copa do Brasil e vê pressão aumentar

Bruno Mezenga fez o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo, mas desperdiçou a última cobrança 

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Lance do jogo entre Bahia e Santos na Arena Fonte Nova

Lance do jogo entre Bahia e Santos na Arena Fonte Nova

Letícia Martins/EC Bahia

A pressão em cima de Odair Hellmann vai aumentar ainda mais depois da eliminação do Santos nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (31), o Peixe foi eliminado pelo Bahia nos pênaltis (4 a 3), depois do empate por 1 a 1 no tempo normal, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

No jogo de ida, realizado na Vila Belmiro, os times ficaram no 0 a 0. A classificação rendeu mais R$ 4,3 milhões de premiação ao Bahia, que aguarda sorteio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para conhecer o adversário das quartas de final.

Como foi
O primeiro tempo foi morno em Salvador (BA), parecendo que os dois times estavam com medo de buscar o ataque. O Bahia chegou a abrir o placar aos 13 minutos, mas o gol de Biel foi anulado por impedimento. Na melhor oportunidade, Kanu cabeceou, e João Paulo fez uma linda defesa.

No lance, o goleiro santista bateu a cabeça na trave e precisou ser atendido duas vezes antes do intervalo, preocupando a comissão técnica. Avaliado no vestiário, João Paulo voltou para o segundo tempo. Por outro lado, o Bahia perdeu seu principal jogador logo aos 14 minutos, quando Biel sofreu uma lesão muscular e foi substituído por Ademir.

Aos 19 minutos, Everaldo dominou na entrada da área e bateu rente à trave de João Paulo, que só olhou. A pressão tricolor surtiu efeito na sequência. Rodrigo Fernández vacilou ao pedir a saída na linha lateral, Everaldo cruzou, e Ademir parou no goleiro santista. No rebote, Cauly bateu colocado no cantinho para abrir o placar.

Precisando pelo menos do empate para levar a decisão para os pênaltis, o Santos partiu com tudo para cima do Bahia depois das alterações feitas por Odair Hellmann. E elas surtiram efeito. Aos 49 minutos, Soteldo cobrou escanteio, e Bruno Mezenga subiu mais que todo mundo para levar a decisão para os pênaltis.

Os pênaltis
Bruno Mezenga, porém, foi de herói a vilão ao ver Marcos Felipe defender a última cobrança e garantir a vitória do Bahia por 4 a 3. O goleiro tricolor, que não evitou os gols de Soteldo, Mendoza e Patati, já havia levado a melhor sobre Camacho. Já João Paulo só defendeu a cobrança de Ademir, enquanto Cauly, Lucas Mugni, Acevedo e Vitor Hugo converteram para os donos da casa.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo no sábado (3), pela nona rodada do Brasileirão. O Bahia visita o Fortaleza, às 16h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), e o Santos recebe o Internacional, às 21h (de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos (SP).

FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 1 Santos

Local - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data e horário - quarta-feira (31), às 19h (de Brasília)
Árbitro - Bruno Arleu de Araújo (FIFA - RJ)
Auxiliares - Nailton Junior de Sousa Oliveira (FIFA - CE) e   Luiz Claudio Regazone (RJ)
Árbitro de vídeo - Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)

Gol - Cauly, aos 24'/2T (Bahia); Bruno Mezenga, aos 49'/2T (Santos)

BAHIA - Marcos Felipe; Kanu, David Duarte e Vitor Hugo; Vitor Jacaré (Cicinho), Acevedo, Rezende e Ryan (Lucas Mugni); Cauly, Biel (Ademir) e Everaldo (Diego Rosa). Técnico: Reanto Paiva.

SANTOS - João Paulo; Gabriel Inocêncio (Patati), Joaquim, Messias e Lucas Pires (Nathan); Rodrigo Fernández (Camacho), Dodi e Lucas Lima (Ângelo); Soteldo, David Washington (Bruno Mezenga) e Mendoza. Técnico: Odair Hellmann.

Ney em Alto Mar! Conheça e saiba quanto custa embarcar no cruzeiro do jogador

Últimas