Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Santos e Corinthians fazem clássico dos pressionados pelo Brasileirão

Rivais se enfrentam nesta quarta-feira (21), às 20h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 11ª rodada

Futebol|Do Live Futebol BR


Santos e Corinthians fazem um clássico tenso na Vila Belmiro
Santos e Corinthians fazem um clássico tenso na Vila Belmiro

A Vila Belmiro vai receber um clássico de dois times pressionados na retomada do Brasileirão, após a paralisação por conta das datas Fifa. Nesta quarta-feira (21), Santos e Corinthians se enfrentam às 20h (de Brasília), pela 11ª rodada.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

O Santos não ganha há oito partidas e vem de duas eliminações, na Copa do Brasil e Sul-Americana. No Brasileirão, o Peixe figura na 13ª colocação, com 13 pontos, quatro a mais que o Timão, que está na beira da zona de rebaixamento, em 16º lugar, e recentemente caiu na Copa Libertadores.

Publicidade

Tabu

O Corinthians vai estar defendendo uma invencibilidade de quase dois anos e meio sem perder para o Santos em jogos do Brasileirão. A última vez que isso aconteceu foi justamente na Vila Belmiro, no dia 17 de fevereiro de 2021, mas pelo Brasileirão de 2020, que se estendeu por causa da pandemia de Covid-19. O único gol da partida foi marcado por Marcos Leonardo.

Publicidade

De lá para cá, o Timão teve outras duas derrotas para o Peixe, mas nenhuma válida pelo Brasileirão. Em 2022, perdeu por 2 a 1, na Neo Química Arena, pelo Paulistão, e depois foi derrotado por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil.

No retrospecto geral, a vantagem é do Corinthians: são 136 vitórias contra 111 do Santos, além de 101 empates.

Publicidade

Peixe pressionado

O Santos entra em campo pressionado pela sequência de oito jogos sem vitórias, contanto eliminações na Copa do Brasil e Sul-Americana. Por isso, no último sábado (17), protestaram contra o presidente Andrés Rueda, o técnico Odair Hellmann e os jogadores.

Um dos principais alvos foi o lateral-direito Nathan, que deve perder vaga para João Lucas. No meio-campo, Rodrigo Fernández é o principal candidato para substituir Alison, que não joga mais em 2023 por causa de uma lesão no joelho. Camacho seria a outra opção, mas cumpre suspensão pela expulsão diante do Coritiba.

A boa notícia é que Soteldo treinou normalmente na última terça-feira (20) depois de ter defendido a Venezuela nos amistosos contra Honduras (15 de junho) e Guatemala (18 de junhoi). No primeiro, inclusive, o atacante fez o gol da vitória por 1 a 0 e encerrou um jejum de 14 meses sem balançar as redes.

Mistério no Timão

O período de jogos também não foi de tranquilidade para o Corinthians. Na semana passada, membros da Gaviões da Fiel estiveram no CT Joaquim Grava conversando com os líderes do elenco e membros da diretoria sobre os resultados ruins dentro de campo.

Na tentativa de surpreender o Santos, Vanderlei Luxemburgo não divulgou a lista de relacionados pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians. A tendência, porém, é que o treinador faça até quatro mudanças entre os titulares.

Bruno Méndez, na seleção do Uruguai, e Renato Augusto, com lesão na panturrilha, serão substituídos por Fagner e Ruan Oliveira, respectivamente. No ataque, Yuri Alberto deve retomar a vaga de titular no lugar de Pedrinho. A dúvida é a presença ou não de Murillo, que ficou de fora de alguns treinos devido a uma infecção na garganta.

FICHA TÉCNICA

Santos x Corinthians

Local - Vila Belmiro, em São Paulo (SP)

Data e horário - quarta-feira (21), às 20h (de Brasília)

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares - Rafael da Silva Alves (FIFA - RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)

Árbitro de vídeo - Rafael Traci (SC)

SANTOS - João Paulo; João Lucas, Messias, Joaquim e Gabriel Inocêncio; Rodrigo Fernández, Dodi e Lucas Lima; Mendoza, Soteldo e Marcos Leonardo. Técnico: Odair Hellmann.

CORINTHIANS - Cássio, Fagner, Gil, Caetano (Murillo) e Matheus Bidu; Fausto Vera, Maycon e Ruan Oliveira; Guilherme Biro, Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Saiba quem é Carlo Ancelotti, técnico que fechou acordo verbal para comandar a seleção

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.