Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Rodinei faz contra, e Corinthians vence o Flamengo pelo Brasileirão

Em prévia de duelo decisivo pelas quartas de final da Libertadores, Timão superou o Rubro-Negro para voltar à vice-liderança

Futebol|Do Live Futebol BR


Em duelo das duas maiores torcidas do Brasil, o Corinthians venceu o Flamengo por 1 a 0 na tarde deste domingo (10), em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol na Neo Química Arena foi de Rodinei, contra.

Com o triunfo, o Timão vai a 29 pontos e assume a vice-liderança na classificação com a mesma pontuação do líder, Palmeiras — que ainda joga neste domingo. Já o Mengão permanece com 21, momentaneamente na oitava colocação da tabela.

Poupando alguns jogadores importantes no começo do confronto, como Pedro e Everton Ribeiro, e sem contar com Arrascaeta, o Rubro-Negro não conseguiu levar grande perigo. Nas vezes em que levou, parou em Cássio. Para piorar a situação, Rodrigo Caio sentiu um joelho, ficou mexendo nele por alguns minutos e pediu substituição aos 23 minutos.

O único gol da partida saiu só no segundo tempo, aos 7 minutos, com Rodinei completando contra a própria meta o cruzamento de Gustavo Mosquito.

Publicidade
Rodinei, do Flamengo, marcou gol contra
Rodinei, do Flamengo, marcou gol contra

Festa da Fiel e do time que não sabe o que é perder em casa há cinco meses. A última derrota corintiana na Neo Química Arena foi em 2 de fevereiro, nos 2 a 1 para o Santos pelo Paulistão, que custaram o emprego do então técnico Sylvinho.

Leia também

Agenda

Publicidade

Os dois times voltam a campo na noite de quarta-feira (13), só que pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Corinthians encara o Santos na Vila Belmiro depois de encaminhar a vaga com uma goleada de 4 a 0 na ida. Já o Fla precisa reverter, no Maracanã, os 2 a 1 do Atlético-MG no primeiro jogo.

Pelo Brasileirão, os times voltam a jogar no sábado (16). O próximo compromisso do time paulista será contra o Ceará, fora de casa. Já o Mengão recebe o Coritiba no Rio de Janeiro.

Até breve

Timão e Fla voltam a se enfrentar pelas quartas de final da Libertadores. Os primeiros 90 minutos do mata-mata serão no mesmo palco da partida deste domingo, só que no dia 2 de agosto (uma terça-feira). 

Cássio defende nos pés de Gabigol
Cássio defende nos pés de Gabigol

A volta acontece uma semana depois, dia 9, no Maracanã. Quem passar vai encarar o vencedor do duelo argentino entre Vélez Sarsfield e Talleres na semifinal.

Histórico

Herói da classificação na Libertadores na Bombonera diante do Boca Juniors, Cássio também foi um dos destaques deste domingo contra o Flamengo, quando completou 600 jogos pelo Timão — o dobro de Fábio Santos, que completou 300.

O goleiro é o quarto jogador com mais partidas pelo clube, mas está muito perto de passar Ronaldo Giovanelli (602 jogos) e Luizinho (606), ficando atrás apenas do ex-lateral Wladimir (806) na história corintiana.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1 x 0 Flamengo

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data e hora: domingo (10/7), às 16h (de Brasília)

Público total e renda: 44.055 pessoas / R$ 3.670.673,50

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Vítor Pereira (técnico), Rafael Ramos e Giovane (Corinthians); Fabrício Bruno, João Gomes e Pedro (Flamengo)

Cartão vermelho: Vítor Pereira, aos 35’/1ºT (Corinthians)

Gol: Rodinei, contra, aos 7’/2ºT (Corinthians)

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Bruno Méndez, aos 20’/2ºT), Raul Gustavo, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz, Cantillo (Roni, no intervalo) e Giuliano (Bruno Melo, aos 20’/2ºT); Adson (Giovane, aos 35’/2ºT) e Lucas Piton (Gustavo Mosquito, no intervalo); Róger Guedes. Técnico: Vítor Pereira.

FLAMENGO: Santos; Rodinei, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique, aos 23’/1ºT), Fabrício Bruno e Ayrton Lucas; João Gomes, Thiago Maia (Marinho, aos 16’/2ºT), Victor Hugo (Lázaro, aos 36’/2ºT) e Matheus França (Pedro, aos 16’/2ºT); Vitinho (Everton Ribeiro, aos 16’/2ºT) e Gabigol. Técnico: Dorival Junior.

Gabigol a dois gols da liderança: veja os maiores artilheiros do Brasil na história da Libertadores

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.