Reformulação e uso de atletas da base seguem no Palmeiras com Luxa

Ainda que Sampaoli tivesse sido o primeiro procurado, técnico de 67 anos é visto no Palmeiras como profissional alinhado com as mudanças para 2020

Vanderlei Luxemburgo acertou por duas temporadas com o Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo acertou por duas temporadas com o Palmeiras

Celso Pupo/ Agência Lancepress!

Ainda que Vanderlei Luxemburgo e Jorge Sampaoli tenham perfis bem diferentes, o Palmeiras entende que conseguirá com o ídolo implementar as mudanças traçadas quando negociava com o técnico argentino. O projeto na Academia de Futebol ainda tem como prioridade a reformulação do elenco, o uso maior da base e uma equipe ofensiva.

Veja mais: Você acha que o Palmeiras acertou em trazer Luxemburgo para 2020?

Diante da transição para uma gestão mais descentralizada no futebol, pessoas no clube consideram que o técnico será mais uma parte da engrenagem. A avaliação foi semelhante quando acertou com o diretor de futebol Anderson Barros. A meta é que nem o executivo nem o treinador tenham plenos poderes a partir de 2020.

Já há um comitê gestor com membros da diretoria estatutária trabalhando junto de Maurício Galiotte. A partir das contratações de Barros e Luxemburgo, a preocupação no Palmeiras passa a ser a montagem do grupo para a temporada que vem. A movimentação na janela deve ser menos intensa que nos últimos anos, tendo como propósito a busca por jogadores que resolvam e casem com um estilo de jogo mais agressivo.

No domingo, o novo técnico já começou a falar sobre as diretrizes para 2020 com o presidente. Após ser homenageado no Tocantins, terça, Luxa deve intensificar nesta quarta os trabalhos na busca por novos atletas e saídas de outros, já com o novo diretor de futebol.

Depois de acumular um déficit parcial de R$ 36 milhões no ano, o Verdão planeja realizar vendas neste fim de temporada. O clube entende que um dos motivos para estar no vermelho foi a decisão de manter todo o elenco campeão brasileiro, mesmo com ofertas robustas do exterior, como por Gustavo Gómez e Dudu.

A intenção para 2020 ainda é manter atletas deste nível, considerados alicerces do elenco, mas fazer caixa com jogadores como Borja e Deyverson. Com a negociação de atletas já em fim de ciclo e a promoção de garotos da base, a ideia no Palmeiras é ter um gasto menor com o elenco sem prejuízo técnico.

No Vasco, Luxemburgo promoveu garotos como Bruno Gomes, Gabriel Pec e, principalmente, Thalles Magno. O Palmeiras, para 2020, anunciou as promoções de Esteves, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Angulo e Veron, que já atuou no profissional e fez dois gols.

A apresentação de Vanderlei Luxemburgo ainda não está confirmada, mas deve acontecer no fim da semana, pois Maurício Galiotte viajou ao Paraguai, onde ocorrerá o sorteio dos grupos da Copa Libertadores. O Verdão é um dos cabeças de chave da competição.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Após 'Rivasco', torcedores criam 'Livervasco' para torcer contra Fla