Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

'Quando vi que estava fechando, eu corri', diz último torcedor ao entrar na Vila Belmiro para ver Pelé

Vanderlei Baeta Mantovani, de 74 anos, entrou por volta das 9h43 no estádio onde ocorreu o velório do rei, nesta terça-feira (3)

Futebol|Do R7


Torcedor de 74 anos foi o último a entrar na Vila Belmiro para homenagear Pelé
Torcedor de 74 anos foi o último a entrar na Vila Belmiro para homenagear Pelé

O último torcedor que conseguiu entrar no estádio da Vila Belmiro, em Santos, para participar da cerimônia em homenagem a Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, na manhã desta terça-feira (3), foi um idoso de 74 anos. Os portões para a entrada de fãs do rei do futebol se fechariam oficialmente às 9h30. Vanderlei Baeta Mantovani, de 74 anos, entrou por volta 9h43. 

"Eu, com 74 anos, vi ele jogar muito, muito. [O sentimento é de] carinho, com todo esse público brasileiro, o carinho dele, ele transmitia jogando bola, principalmente a humildade dele. Ele era muito humilde. Achei que nem ia entrar. Quando vi que estava fechando, eu corri", afirmou Mantovani à repórter Paola Viana, da Record TV, que estava no local. 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou a Vila Belmiro, estádio do Santos, nesta terça-feira (3) para prestar a última homenagem a Pelé, que morreu na quinta-feira (29), aos 82 anos, vítima de complicações de um câncer de cólon descoberto em 2021.

O comparecimento de Lula ao velório do Rei do Futebol representa a primeira viagem oficial do presidente em seu terceiro mandato como chefe do Executivo. Ele tomou posse no último domingo (1º) para um mandato de quatro anos.

Publicidade

A comitiva presidencial contou com a presença da primeira-dama, Rosângela da Silva, e do ministro de Portos e Aeroportos e ex-governador de São Paulo, Marcio França. Eles chegaram ao velório, pontualmente, às 9h.

Grandeza do Rei

As primeiras horas do velório do Rei Pelé mostraram a grandeza daquele que, por muito mérito, foi considerado o maior jogador de todos os tempos.

Publicidade

Numa Vila Belmiro que recebeu grandes personalidades do futebol nacional e internacional, políticos e familiares, cerca de 230 mil pessoas — segundo informações do Santos FC — enfrentaram filas que contornavam praticamente todos os arredores de Urbano Caldeira, além de um calor que, segundo os termômetros da cidade de Santos, litoral de São Paulo, chegou a marcar 34ºC.

Os portões da vila mais famosa do mundo abriram pontualmente às 10h. Os primeiros fãs a entrar chegaram a viajar por até oito horas para se despedir do Rei e dormiram na fila, e sequer eram santistas. Na passagem pelo corpo de Pelé, que foi colocado no centro do gramado, a emoção era grande, mesmo com uma distância considerável em relação às pessoas que tinham acesso à tenda onde estava o caixão do lendário ex-jogador.

A primeira personalidade a entrar foi Gilmar Mendes, ministro do STF (Superior Tribunal de Justiça) e torcedor do Santos. Pouco depois, Gianni Infantino, Ednaldo Rodrigues e Alejandro Domínguez, presidentes da Fifa, CBF e Conmebol, respectivamente, passaram pelo portão 15, destinado às autoridades.

Da política, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o governador eleito, Tarcísio de Freitas, estiveram na Vila e prestaram homenagens, assim como o prefeito de Três Corações, Minas Gerais, onde nasceu o Rei. Já o presidente Lula, empossado no último domingo (1º), chegou ao velório na terça-feira (3), às 9h (de Brasília).

Para representar a boleirada, Clodoaldo, Lima, Narciso, Manoel Maria, Zé Roberto, Emerson Sheik e Sérginho Chulapa foram alguns que apareceram. Jogadores do sub-20 e do elenco profissional do Santos, além do técnico Odair Hellmann e do coordenador Falcão, também passaram pelo velório.

As grandes ausências ficaram por conta de Pepe, Edu e Mengálvio, ídolos eternos do Peixe e contemporâneos de Pelé, que não conseguiram ir à Vila Belmiro por motivos diversos. Ex-jogadores de renome, como Ronaldo, Ronaldinho, Kaká e companhia, que chegaram a reclamar durante a Copa do Mundo da falta de reconhecimento a atletas brasileiros, também não compareceram.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.