Futebol Ponte Preta perde jogo e sequência invicta para o Grêmio na Série B

Ponte Preta perde jogo e sequência invicta para o Grêmio na Série B

Derrota de 2 a 1 em Porto Alegre, manteve a Macaca perto da zona do rebaixamento com 22 pontos

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Jogadores do Grêmio comemoram gol na Arena Grêmio

Jogadores do Grêmio comemoram gol na Arena Grêmio

Pedro H. Tesch/AGIF & Heber Gomes/AGIF

Depois de seis partidas de invencibilidade (três vitórias e três empates), a Ponte Preta foi derrotada na tarde deste sábado (23) para o Grêmio (2 a 1), na Arena Grêmio, pela 20ª rodada do Brasileiro da Série B.

Diego Souza e Campaz marcaram os gols dos gaúchos ainda no primeiro tempo e Wallison fez de cabeça para os paulistas na etapa final.

Com a derrota, a Macaca permanece na 14ª colocação com 22 pontos – dois a mais que o CSA-AL (primeiro da zona do rebaixamento), que ainda joga na rodada.

Já o Grêmio é o novo vice-líder e alcançou seu 14º jogo de invencibilidade com 36 pontos, mas perdeu a série de nove partidas sem sofrer gol em casa. A partida marcou a reestreia de Lucas Leiva, de 35 anos, que retornou ao clube depois de 15 anos.

As duas equipes voltam a jogar pela Série B em dias diferentes pela 21ª rodada. O Grêmio já entra em campo na próxima terça-feira (26), contra a Chapecoense, às 18h30, fora de casa.

Já a Ponte Preta atuará somente no dia 30 (sábado), diante do Operário-PR, às 19h, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Golaço do artilheiro

Aos nove minutos de jogo, Diego Souza abriu o marcador para o Grêmio. Villasanti deu um belo passe pelo alto para o atacante, que dominou no peito e virou de bicicleta por cima de Caíque França: golaço (1 a 0).

O camisa 9 do time gaúcho chegou ao décimo gol na Série B e é o vice-artilheiro da competição, só atrás de Gabriel Poveda (Sampaio Corrêa) com 11.

Diego Souza é o maior artilheiro da Arena Grêmio desde sua inauguração em 2012. Ele já marcou 52 gols e dos dez marcados nesta Série B, nove aconteceram no estádio gaúcho.

Um gol para cada lado

Aos 23 minutos do primeiro tempo o Tricolor aumentou o placar. Villasanti deixou Ferreira livre pela esquerda no passe em profundidade. Ele bateu cruzado, Caíque Rocha desviou, a bola bateu na trave e no rebote Campaz finalizou com o gol livre (2 a 0).

A Ponte Preta só foi diminuir aos 13 minutos da etapa final, na bola parada. Escanteio pela direita e após cruzamento pelo alto na primeira trave, Wallisson subiu mais que a marcação e testou no canto esquerdo (2 a 1).

Números do jogo

Apesar da vitória e da invencibilidade (14 jogos sem perder), o Grêmio teve menos posse de bola que o adversário (40%) e menos finalizações (12 a 18), com somente três na direção do gol, assim como a Ponte Preta.

Das 39 faltas cometidas no jogo, 19 dos gaúchos e 20 dos paulistas. Nos escanteios, vantagem do visitante (7 a 5) e nos impedimentos, dois a mais para os gaúchos (3 a 1).

FICHA TÉCNICA
Grêmio 2x1 Ponte Preta
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data e hora: sábado (23/7), às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (FIFA) e Leandro Henrique Pereira
Cartões amarelos: Ferreira e Bruno Alves (Grêmio); Da Silva, Fraga e Echaporã (Ponte Preta)
Gols: Diego Souza, aos 9’/1ºT e Campaz, aos 23’/1ºT (Grêmio); Wallisson, aos 13’/2ºT (Ponte Preta)

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel (Rodrígues), Bruno Alves, Nicolas; Villasanti, Bitello (Pedro Lucas); Biel (Lucas Leiva), Campaz (Guilherme), Ferreira (Janderson); Diego Souza. Técnico: Roger Machado.

PONTE PRETA: Caíque França; Douglas Mendes, Fábio Sanches e Artur (Jean Carlos); Igor Formiga, Felipe Amaral (Fraga), Léo Naldi e Thiago Oliveira (Echaporã); Wallisson, Nicolas (Fessin) e Leandro Barcia (Da Silva). Técnico: Hélio dos Anjos.

Brasileiros aparecem em ranking de melhores clubes do mundo

Últimas