Futebol Palmeiras afasta Patrick de Paula e lamenta 'falta de empatia' 

Palmeiras afasta Patrick de Paula e lamenta 'falta de empatia' 

Volante foi flagrado em festa clandestina no Tatuapé, zona leste de São Paulo. Punição ao jogador é por tempo indeterminado

  • Futebol | Do R7

Depois de Lucas Lima, Patrick de Paula também é afastado após flagra em festa clandestina

Depois de Lucas Lima, Patrick de Paula também é afastado após flagra em festa clandestina

Cesar Greco/Palmeiras

O volante Patrick de Paula foi afastado por tempo indeterminado pelo Palmeiras, após ser flagrado na saída de uma festa clandestina no Tatuapé, zona leste de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (21). Por meio das redes sociais, o clube lamentou mais um caso de "quebra de protocolo sanitário" por parte de um de seus atletas e falou em falta de empatia por parte do volante palmeirense.

Assim como no caso de Lucas Lima, flagrado na semana passada em balada clandestina, o Palmeiras vai aplicar "as sanções administrativas máximas determinadas pelo seu regulamento interno. Ambos os atletas ficam afastados dos treinamentos até determinação do Departamento de Futebol". 

"Lamentamos que casos de falta de empatia e de responsabilidade ainda ocorram em um momento tão difícil para a sociedade. São atitudes inadmissíveis e que receberão o devido tratamento", conclui a nota do Palmeiras.

Aglomerações do tipo são proibidas no Estado de São Paulo durante a pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, em Assunção, no Paraguai, os jogadores do Palmeiras receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. A imunização foi realizada com doses recebidas pela Conmebol.

Veja a nota na íntegra

Lamentavelmente, o Palmeiras se deparou com um novo caso de quebra de protocolo sanitário por parte de um de seus atletas. Desta vez o episódio envolveu Patrick de Paula.

Da mesma forma com que tratou a situação envolvendo o jogador Lucas Lima, o clube aplicará as sanções administrativas máximas determinadas pelo seu regulamento interno. Ambos os atletas ficam afastados dos treinamentos até determinação do Departamento de Futebol.

Lamentamos que casos de falta de empatia e de responsabilidade ainda ocorram em um momento tão difícil para a sociedade. São atitudes inadmissíveis e que receberão o devido tratamento.

Chris Smalling, zagueiro da Roma, afirma ter visto ETs durante viagem

Últimas