Futebol Marinho, ex-Atlético-MG e Bangu, morre aos 62 em Belo Horizonte

Marinho, ex-Atlético-MG e Bangu, morre aos 62 em Belo Horizonte

Ex-atacante estava internado por causa de uma infecção no pâncreas. Melhor jogador do Brasileirão de 1985, ele chegou a atuar pela seleção brasileira

  • Futebol | Do R7

Marinho foi eleito o melhor jogador do Brasileirão de 1985

Marinho foi eleito o melhor jogador do Brasileirão de 1985

Divulgação/Bangu

O futebol brasileiro está de luto. Morreu nesta segunda-feira (15) o ex-atacante Marinho, ídolo do Bangu e também com passagens por Atlético-MG e Botafogo. Ele estava com 62 anos.

O antigo jogador estava internado e entubado no CTI em um hospital de Belo Horizonte em decorrência de uma infecção no pâncreas.

Revelado nas categorias de base do Atlético-MG, o atleta atuou no clube por um longo período, acumulando 118 jogos e 21 gols, além de três títulos.

Porém, foi no Bangu que ele chegou ao seu auge, sendo eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de 1985, quando o clube carioca foi vice-campeão. Na época, ele chegou a ser convocado para a seleção brasileira.

Além de Atlético e Bangu, o atacante também jogou pelo Botafogo, onde foi campeão carioca, e por equipes do interior paulista. Em General Severiano, porém, a passagem de Marinho ocorreu em um dos momentos mais difíceis da vida do jogador, quando ele perdeu seu filho afogado na piscina de sua casa enquanto concedia uma entrevista.

Ele defendeu ainda a seleção brasileira nas Olimpíadas de 1976 e chegou a ser cotado para defender a equipe principal na Copa do Mundo de 1986.

Veja casa onde Neymar passa fim de quarentena na França com amigos

Últimas