Liga Alemã anuncia 10 casos de covid-19 em times da 1ª e 2ª divisões

Foram feitos 1.724 testes entre jogadores, comissões técnicas e funcionários dos clubes, resultados vão indicar volta do futebol dia 9 de maio

Três atletas do Colônia tinham testado positivo na última sexta-feira

Três atletas do Colônia tinham testado positivo na última sexta-feira

Thilo Schmuelgen/Reuters 4.5.2020

A Liga Alemã de Futebol (DFL) anunciou nesta segunda-feira que houve registro de dez casos de covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, entre clubes da primeira e segunda divisões, após a realização de 1.724 testes de detecção, entre jogadores, comissões técnicas, funcionários, entre outros.

Na última sexta-feira, o Colônia, que integra a elite do Campeonato Alemão, já havia anunciado três resultados positivos, entre eles, de dois jogadores, em uma primeira rodada de exames.

Hoje, no entanto, a DFL não divulgou os clubes afetados pelos outros sete casos de infecção. Nem mesmo está claro se os diagnósticos do representante da Renânia do Norte-Vestefália, divulgados três dias atrás, fazem parte dos dez de hoje.

Segundo a entidade, na segunda série de testes, não houve nenhum caso positivo no Colônia.

De acordo com as informações divulgadas hoje, os dirigentes das equipes em questão tiveram que informar em separado os resultados dos exames, para que a DFL fizesse uma comunicação unificada.

O número de casos pode ser um complicador para os planos de retomada da primeira e segunda divisões do campeonato, que serão discutidos nesta quarta-feira pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel e pelos governantes dos estados federados do país.

Inicialmente, foi fixada a data de 9 de maio para a volta dos jogos nas duas competições, no entanto, esta já foi descartada, porque nem todos os clubes voltaram ainda aos treinamentos, e a maioria que retomou, o fez com jogadores trabalhando individualmente.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Veja a casa que CR7 aluga para ficar isolado e paga R$ 21 mil por semana