Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Lelê e Pirani desencantam e o Fluminense vence o Bahia com um a menos

O Tricolor das Laranjeiras teve Nino expulso e saiu perdendo, mas virou no segundo tempo e ganhou no retorno ao Maracanã

Futebol|Do Live Futebol BR

Jogadores do Flu comemoram gol contra o Bahia
Jogadores do Flu comemoram gol contra o Bahia Jogadores do Flu comemoram gol contra o Bahia

Mesmo com um jogador a menos, o Fluminense conquistou um resultado importante neste sábado (24). Pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor das Laranjeiras superou a expulsão de Nino, no primeiro tempo, e venceu o Bahia, por 2 a 1, no Maracanã, com gols de Lelê e Gabriel Pirani.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Com a vitória, o Flu sobe provisoriamente para a terceira posição, com 21 pontos, um a menos que o vice-líder, o Palmeiras, e sete atrás do líder, o Botafogo. O Esquadrão de Aço segue com 12 pontos e fica na 14ª colocação.

Publicidade

O resultado pode animar o Fluminense para a próxima partida, na terça-feira (27), em confronto direto com o Sporting Cristal, pela Libertadores. A equipe carioca precisa empatar para se garantir nas oitavas de final. O Bahia volta a jogar no próximo sábado (1º), ao receber o Grêmio pelo Brasileirão.

Leia também

O Bahia aguentou a pressão inicial do Fluminense e abriu o placar no primeiro tempo, com Vinicius Mingotti. Aos 27 minutos, em um contra-ataque rápido, o atacante recebeu um cruzamento de Kayky e finalizou de perna direita para marcar o primeiro gol da partida.

Publicidade

A situação do Tricolor ficou ainda pior aos 37 minutos, quando Nino foi expulso. O capitão cometeu uma falta dura em Mingotti e recebeu cartão amarelo, mas o árbitro Sávio Pereira Sampaio mudou a cor do cartão após checar o lance no vídeo, para a revolta do zagueiro.

Mesmo com um a menos, o Fluminense foi para o ataque no segundo tempo e buscou a virada. A reação começou logo aos três minutos, com Lelê, que pegou a sobra de bola na área e cabeceou na saída do goleiro Mateus Claus, marcando seu segundo gol em 17 jogos pelo Fluminense e encerrando uma seca que durava desde a primeira rodada.

Publicidade

Logo depois, aos seis minutos, Gabriel Pirani virou o placar para o Fluminense. O meia tabelou com Keno e finalizou na saída do goleiro, mas o assistente acusou impedimento. No entanto, a arbitragem de vídeo reverteu a marcação e validou o segundo gol tricolor. Foi o primeiro de Pirani desde a primeira fase do Campeonato Carioca, em março.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 2 x 1 Bahia

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: sábado (24), às 18h30

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (Fifa-DF)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)

Árbitro de vídeo: Wagner Reway (VAR-Fifa-PB)

Gols: Vinicius Mingotti, aos 27'/1T (Bahia); Lelê, aos 3'/2T (Fluminense); Gabriel Pirani, aos 6'/2T (Fluminense)

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, David Braz e Marcelo (Felipe Andrade); Martinelli, Lima e Gabriel Pirani (Guga); Jhon Arias, Keno (Ganso) e Lelê (Cano). Técnico: Eduardo Barros (interino)

Bahia: Danilo Fernandes (Mateus Claus); Cicinho (André), Kanu, Vitor Hugo e Chávez; Rezende (Daniel), Thaciano, Acevedo e Cauly; Kayky (Arthur Sales) e Vinicius Mingotti. Técnico: Renato Paiva

Com Tiquinho Soares disparado na liderança, confira os artilheiros do Brasileirão

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.