Keylor Navas é ultimo latino do PSG a deixar França para quarentena

Antes dele, outros jogadores jogadores latinos retornaram aos seus países, como os brasileiros Neymar e Thiago Silva e o uruguaio Cavani

Navas ficará em quarentena na Costa Rica

Navas ficará em quarentena na Costa Rica

Jeffrey Arguedas/EFE/30-03-20

O goleiro costa-riquenho do Paris Saint-Germain, Keylor Navas, se tornou o último jogador latino-americano do clube francês a deixar a França para fugir do confinamento imposto no país para combater o coronavírus.

Leia mais: Dirigente da F-1 propõe a realização de um 'campeonato de coronavírus'

O ex-goleiro do Real Madrid fez isso neste fim de semana em um avião particular que, segundo alguns meios de comunicação, custou cerca de 200.000 euros.

Navas terá que manter na Costa Rica uma quarentena de 14 dias imposta pelas autoridades de seu país a todos os viajantes de um país fortemente afetado pela pandemia do COVID-19.

Antes dele, outros jogadores latino-americanos retornaram aos seus países. É o caso do brasileiro Neymar e Thiago Silva, assim como do uruguaio Edinson Cavani, que o fez há mais de uma semana, logo após a França decretar o confinamento da população.

Neymar, o jogador mais caro de todos os tempos, mostrou fotos nas redes sociais brincando na praia, o que gerou polêmica sobre se ele está cumprindo as regras do distanciamento social.

Depois disso, seu entorno garantiu que o ex-atacante do Barcelona esteja cumprindo a quarentena no Brasil.

As palavras da esposa de Thiago Silva, justificando os motivos de sua saída da França, também geraram desconforto: "A situação é difícil e queremos nos proteger nas melhores condições. Em Paris, os supermercados esvaziam-se rapidamente e cada saída representa um risco de contaminação para mim e minha família".

Ele acrescentou que na casa deles no Rio de Janeiro eles têm "uma piscina e mais espaço".

Entre os que decidiram ficar em Paris está o argentino Ángel di María, que, em declarações à mídia de seu país, garantiu que está aprendendo a cozinhar com a esposa.

Os cuidados com a higienização de alimentos durante o surto de coronavírus