Futebol Jogador leva soco de torcedor, revida, é expulso, e time se retira de campo na Colômbia

Jogador leva soco de torcedor, revida, é expulso, e time se retira de campo na Colômbia

A confusão ocorreu na partida entre o Millonarios e o Tolima; agredido, Cataño empurrou o invasor, que foi detido

  • Futebol | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Daniel Cataño, do Millonarios, foi agredido por um torcedor rival que invadiu o campo

  • O jogador revidou a agressão com um empurrão e foi expulso pelo árbitro

  • Os colegas se revoltaram e decidiram não voltar ao jogo, que nem sequer tinha começado

  • O torcedor do Tolima está detido, e o jogador prestou queixa contra ele

Daniel Cataño foi agredido com soco na nuca por torcedor do Tolima

Daniel Cataño foi agredido com soco na nuca por torcedor do Tolima

Montagem R7/ Reprodução Redes Sociais

Um lance lamentável marcou o futebol colombiano no último domingo (13). Daniel Cataño, meio-campo do Millonarios, foi agredido com um soco na nuca por um torcedor do Deportes Tolima, que invadiu o campo para atacá-lo, minutos antes do início da partida.

O jogador revidou a agressão e empurrou o invasor, que caiu no gramado e foi detido pelos policiais. O árbitro da partida, Wilmar Roldán mostrou o cartão vermelho a Cataño.

A decisão da arbitragem revoltou os jogadores do Millonarios, que, em decisão compartilhada, deixaram o campo e se recusaram a jogar a partida, válida pela quarta rodada do Campeonato Colombiano.

Pelas redes sociais, o Millo, tradicional clube colombiano da capital, Bogotá, alegou “riscos inerentes” e “dificuldade de garantir a segurança dos jogadores” para explicar a decisão de não entrar em campo. “Os atos de violência devem ser rechaçados com firmeza”, disse o clube em uma nota.

Cataño, que foi jogador do Tolima por quatro temporadas, denunciou o torcedor, identificado pelo nome Alejandro Montenegro, pela agressão. Ele continuará detido em uma delegacia em Ibagué, na Colômbia, até passar por audiência de custódia.

Segundo a imprensa colombiana, é pouco provável que Montenegro permaneça preso, mas, entre as punições, ele pode ser banido de todos os estádios de futebol do país.

Disney, broncas e elogios: veja o que Abel já falou sobre Endrick em entrevistas

Últimas