Futebol Jogador do City zomba de Felipe Melo após confusão no Mundial: 'Ninguém briga com o Grealish'

Jogador do City zomba de Felipe Melo após confusão no Mundial: 'Ninguém briga com o Grealish'

O lateral Kyle Walker, que trocou empurrões com o brasileiro, compartilhou imagens da confusão nas redes sociais

  • Futebol | Do R7

Felipe Melo e Walker se estranharam após o apito final

Felipe Melo e Walker se estranharam após o apito final

Ali Haider/EFE/EPA - 22.12.202e

A briga após o apito final do Mundial de Clubes da Fifa, na sexta-feira (22), ainda repercute entre jogadores do Manchester City.

O lateral inglês Kyle Walker compartilhou imagens da troca de empurrões com o brasileiro Felipe Melo e saiu em defesa de Jack Grealish, apontado como "pivô" do entrevero.

"Ninguém começa [a brigar] com o meu Jack", escreveu o jogador, em publicação feita no Instagram.

O atacante Mahrez, que hoje joga pelo Al-Ahli, da Arábia Saudita, mas era jogador do Manchester City até junho deste ano, até projetou uma briga física entre Walker e Melo. "Ponho meu dinheiro em você, não me desaponte", brincou o argelino.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Jogadores do Fluminense acusam Grealish de provocação

Segundo a versão dada pelos atletas do Fluminense, a confusão no final do jogo teria sido iniciada por causa de provocações feitas por Grealish, ainda no decorrer da partida, vencida pelo clube inglês por 4 a 0, que deu o título aos Citizens.  O inglês foi acusado de gritar "olé" para os brasileiros.

"Aquele Grealish é um desrespeitoso. Joga em uma seleção, é um grande jogador, mas é um desrespeitoso. Ele começou a gritar 'olé' no final, e, claro, todos os nossos jogadores ficaram irritados", afirmou Felipe Melo, que disse ter ido para cima do jogador para defender Martinelli, meio-campista do Flu.

"Quando acabou o jogo, ele foi para cima do Martinelli. Ele escolheu um pequenininho e estava falando com o Martinelli testa a testa. Eu fui para cima dele. Eu o empurrei. O Walker [lateral inglês] chegou por trás e me empurrou também. Eu fui para cima deles. Eu fui defender um companheiro meu."

Grealish, no entanto, negou as acusações de ter provocado os rivais durante a decisão do torneio. "Nem uma vez eu disse olé", escreveu o camisa 10, em publicação no X, antigo Twitter, horas após a final.

Felipe Melo briga com jogador do Manchester City após a partida; confira imagens da confusão

Últimas