Futebol Início ruim e evolução gradativa; veja como foi o primeiro mês de Luxemburgo no Corinthians

Início ruim e evolução gradativa; veja como foi o primeiro mês de Luxemburgo no Corinthians

Treinador tem apenas 33,3% de aproveitamento, mas as últimas atuações deixaram os torcedores esperançosos

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luxemburgo parece ter achado paz no Corinthians

Luxemburgo parece ter achado paz no Corinthians

Sergio Moraes/Reuters - 11.05.2023

Não é exagero dizer que os 30 dias de Vanderlei Luxemburgo no Corinthians foram parecidos a um passeio de montanha-russa. Depois de um início preocupante, o treinador parece finalmente ter colocado a casa em ordem.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

Anunciado no dia 1 de maio depois da conturbada saída de Cuca, Luxemburgo sabia que a missão no Corinthians não seria fácil. Mesmo assim, não fugiu da responsabilidade e mostrou coragem ao ficar no banco de reservas contra o Independiente del Valle, do Equador, sem ter trabalhado com o elenco.

A derrota por 2 a 1, em plena Neo Química Arena, complicou a situação do Corinthians na Copa Libertadores e foi a gota d'água para os torcedores, que foram até o CT Joaquim Grava protestarem contra diretoria e jogadores. No jogo seguinte, mais um tropeço em casa ao empatar com o Fortaleza, pelo Brasileirão.

As outras três partidas também não agradaram: derrotas para Botafogo (3 a 0) e Atlético-MG (2 a 0), e empate com o São Paulo (1 a 1). O sentimento dos torcedores era de preocupação. Afinal, o Corinthians estava na zona de rebaixamento do Brasileirão e em situações complicadas na Copa do Brasil e Libertadores.

O trabalho de Luxemburgo foi aparecendo aos poucos, mas o time ainda oscilava. Apesar da derrota por 1 a 0, no Maracanã, o Corinthians teve uma boa atuação e merecia melhor sorte diante do Flamengo. Na sequência, desempenho ruim e empate sem gols com o Argentinos Juniors, na Argentina.

O fim do jejum de Luxemburgo veio no último domingo (28), com a vitória do Corinthians sobre o Fluminense, por 2 a 0, na Neo Química Arena. Ela trouxe de volta a confiança ao elenco. De ânimo renovado, o Timão faria sua melhor exibição do ano três dias depois.

Na última quarta-feira (31), Luxemburgo surpreendeu ao entrar com três zagueiros e deu um nó tático em Eduardo Coudet. O Corinthians devolveu os 2 a 0 do jogo de ida e levou a melhor nos pênaltis, comemorando a classificação às quartas de final da Copa do Brasil na Neo Química Arena.

"Estamos em evolução, vejo todos os dias. O jogo contra o Flamengo marcou isso. Existe atleta, parte física, emocional, técnica, tática, equipe, uma série de coisas que te fazem ganhar. Estamos crescendo num todo. A parte emocional foi difícil. Os caras tomando muita pancada. Está tudo caminhando bem, mas não acabou", disse Luxemburgo.

De fato, ainda não acabou. Na 14ª colocação do Brasileirão, o Corinthians precisa melhorar seu desempenho para se distanciar da zona de rebaixamento e sonhar com voos maiores. Já na Libertadores, o Timão tem mais duas rodadas para evitar a eliminação precoce na fase de grupos.

Confira em fotos a emoção do Corinthians, classificado na Copa do Brasil

Últimas