Futebol Haste metálica vai fixar fratura exposta de jogador do Corinthians

Haste metálica vai fixar fratura exposta de jogador do Corinthians

Fessin deve ficar internado até o próximo sábado e começar o trabalho de fisioterapia em dez dias, a volta aos gramados deve levar seis meses 

jogador sofreu fratura exposta no jogo Corinthians e Ituano

jogador sofreu fratura exposta no jogo Corinthians e Ituano

Reprodução TV

Depois de grave contusão sofrida na última terça-feira, o meio-campo do Corinthians Fessin já passou por uma cirurgia na perna direita no Hospital São Luiz, em São Paulo. A cirurgia foi feita pela equipe de Joaquim Grava, médico do Corinthians e foi colocada uma haste de metal para fixar a tíbia fraturada.

De acordo com Grava, Fessin deve ficar internado até o próximo sábado e começar o trabalho de fisioterapia em dez dias.

"A cirurgia foi muito bem conduzida. Agora vamos esperar a consolidação do osso. A expectativa é que ele tenha condição de voltar aos gramados em seis meses, já incluindo a recuperação física", afirmou Joaquim Grava, ao R7

Já no quarto do hospital, o jogador postou um vídeo no Instagram e agradeceu o apoio recebido dos torcedores, do Corinthians e da esposa, Annielly Massena.

Fessin quebrou a tíbia da perna direita na terceira rodada de primeira fase da Copa São Paulo, no jogo contra o Ituano, no estádio Novelli Junior, em Itu. A partida terminou empatada em 2 a 2. 

O time do Ituano chegou a mandar um vídeo de apoio e solidariedade ao jogador.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Confira a repercussão da contusão entre os jogadores do Corinthians: