Libertadores

Futebol Grêmio marca no fim e arranca empate do Santos na Libertadores

Grêmio marca no fim e arranca empate do Santos na Libertadores

Time paulista estava na frente até os acréscimos, quando levou um gol de pênalti. Jogo de volta é na próxima quarta-feira (16), na Vila Belmiro

  • Futebol | Do R7

Marinho, do Santos, foi muito bem marcado no jogo desta quarta

Marinho, do Santos, foi muito bem marcado no jogo desta quarta

DIEGO VARA/EFE 09.12.20

Tudo igual no jogo de ida do duelo brasileiro válido pelas quartas de final da Libertadores. Com gol no último lance, o Grêmio conseguiu o empate em 1 a 1 com o Santos, em Porto Alegre, na noite desta quarta-feira (9), e deixa tudo em aberto na disputa por uma vaga na semifinal.

Kaio Jorge abriu o placar para o Peixe aos 35 do primeiro tempo, após falha de Vanderlei. Já nos acréscimo da segunda etapa, Diego Souza, de pênalti, deixou tudo igual.

Como marcou um gol fora de casa, o Santos joga agora por um empate em 0 a 0 na Vila Belmiro, na semana que vem, para se classificar. Caso tome um gol, precisa da vitória para evitar os pênaltis.

Antes da decisão da vaga, os dois times têm compromissos importantes e fora de casa pelo Brasileirão. Enquanto o Grêmio joga no sábado (12), contra o lanterna Goiás, o time paulista atua no dia seguinte, contra o Flamengo, no Maracanã.

Soteldo fora? Sem problemas...
Antes de a bola rolar, os paulistas tiveram uma péssima notícia, com a ausência de Soteldo, um de seus principais jogadores, que testou positivo para a covid-19 e, por isso, não poderia estar em campo.

Kaio Jorge comemora gol do Santos

Kaio Jorge comemora gol do Santos

DIEGO VARA/EFE 09.12.20

Nada que mudasse a forma de atuar. Bastante compacto e explorando os contra-ataques, o time praticamente não passou sustos no primeiro tempo. E ainda por cima abriu o placar aos 30, em falha de Wanderlei, que no início do ano trocou o Santos pelo Grêmio.

O goleiro saiu mal após um cruzamento e, após cabeçada de Felipe Jonatan, a bola sobrou para Kaio Jorge abrir o placar.

Vermelho? Nada disso!
Logo na sequência, a situação quase ficou ainda mais complicada para o Grêmio. O árbitro viu falta forte de Pinales e expulsou o meia. Após muita reclamação, a jogada foi revista e ele não apenas tirou o cartão vermelho, como marcou falta para o time gaúcho.

Zagueiro quase marca
Na volta para a segunda etapa, as primeiras boas chances do Grêmio foram com David Braz, zagueiro que entrou no intervalo. Na primeira, ele cabeceou para fora. Na outra, John defendeu.

Que isso, Kaio Jorge?
Aos 23, por pouco Kaio Jorge não ampliou para o Santos. Após rebote no chute de Diego Pituca, o atacante bateu fraco e a bola foi para fora.

Emoção até o fim!
Já nos acréscimos, novamente uma boa chance para os visitantes. Após belo contra-ataque, Jean Mota cabeceou para fora. No lance seguinte, Pituca fez falta dura e levou o cartão vermelho.

E já no último lance do jogo. Ferreirinha cruzou da direita e a bola explodiu no braço de Vinícius. Após a consulta do VAR, o árbitro deu pênalti. Na cobrança, Diego Souza mostrou categoria para deixar tudo igual no confronto!

GRÊMIO 1 x 1 SANTOS

Competição: Copa Libertadores da América - Quartas de final (ida)
Data: 09/12/2020 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Juan Benitez (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (PAR)
VAR: Eber Aquino (PAR)
Cartões amarelos: Diego Barbosa, Maicon e Matheus Henrique (Grêmio); Jobson, Luan Peres, Sandry e Diego Pituca (Santos)
Cartão vermelho: Diego Pituca (Santos)
Gols: Kaio Jorge, aos 35 minutos do primeiro tempo (Santos); Diego Souza, aos 50 minutos do segundo tempo (Grêmio)
GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann (David Braz) e Diogo Barbosa; Maicon (Darlan), Matheus Henrique e Pinares; Luiz Fernando (Ferreirinha), Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi
SANTOS: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Alison), Diego Pituca e Sandry (Vinícius Ribeiro); Lucas Braga, Marinho (Bruninho) e Kaio Jorge. Técnico: Cuca

'Pai' Neymar continua on! Conheça os 16 classificados na Champions

Últimas