Futebol Grêmio goleia Aragua e está na próxima fase da Sul-Americana

Grêmio goleia Aragua e está na próxima fase da Sul-Americana

Mesmo atuando com os reservas, equipe de Tiago Nunes chega aos 15 pontos na competição e garante classificação no torneio

Lance
Grêmio atropela o Aragua, da Venezuela, e vence por 6 a 2

Grêmio atropela o Aragua, da Venezuela, e vence por 6 a 2

Lance

O Grêmio está na próxima fase da Copa Sul-Americana. O Imortal goleou o Aragua, da Venezuela, fora de casa, por 6 a 2 e manteve os 100% na competição. Léo Chú, Ricardinho, Darlan e Pepê marcaram os gols do tricolor gaúcho.

A vitória levou o Imortal aos 15 pontos em 5 jogos feitos na fase de grupos. O triunfo veio com um time alternativo - uma vez que o Grêmio disputa a final do Campeonato Gaúcho no próximo domingo (23), contra o Internacional.

A construção da vitória se iniciou ainda no primeiro tempo, quando os garotos Léo Chú - aos 19 minutos - e Ricardinho - aos 30 - balançaram as redes do Aragua.

Na segunda etapa, o Imortal teve ainda mais facilidade para aumentar o placar e transformar a vitória em goleada. Chegando com tranquilidade no gol da equipe venezuelana, a equipe de Tiago Nunes empilhou chances de gol e fez outros quatro gols - desta vez com Darlan, Pepê e Elias (duas vezes).

O início do jogo começou com o Aragua chegando com perigo com menos de um minuto. Arias recebeu e finalizou, mas a bola passou por cima da meta gremista.

A primeira chegada do Grêmio foi aos seis minutos com Léo Chú. O atacante fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área e chutou para boa defesa em dois tempos do goleiro Yosmel Gil.

Aos 15 minutos o Imortal chegou novamente com perigo - desta vez com Ricardinho. Após ótima troca de passes, Vanderson fez o cruzamento e colocou a bola na cabeça do jovem atacante, que desviou para fora da meta do Aragua.

Melhor no jogo, o Grêmio chegou ao seu primeiro gol aos 19 minutos com uma senhora ajuda do goleiro Gil. Após ótima troca de passes, a bola chegou em Léo Chú, que ajeitou e chutou. O arqueiro da equipe venezuelana tenta encaixar, mas a bola escapou entre as pernas e só parou quando encontrou as redes.

Dono da partida, o Imortal chegou ao seu segundo gol aos 30 minutos. Após cobrança de escanteio de Cortez, Ricardinho subiu mais que a defesa do Aragua e ampliou o placar para a equipe de Tiago Nunes.

Aos 40 minutos o finalista do Campeonato Gaúcho chegou novamente com perigo. Após uma sequência confusa, a defesa do Aragua não conseguiu fazer o corte e a bola sobrou para Ricardinho, que finalizou da entrada da área, mas a bola saiu por cima.

Soberano, o Grêmio quase fez o terceiro quando o placar apontava 41 minutos. Após ótima tabela entre de Léo Chú com Cortez, o lateral invadiu a área e tentou um toque para trás, mas o goleiro Gil conseguiu o corte e evitou o gol.

Seguindo o roteiro da primeira etapa, o Grêmio chegou logo com menos de um minuto de jogo e quase fez o terceiro. Em ótima troca de passes, Léo Chú cruzou para Ricardinho, que finalizou forte e a bola passou tirando tinta da trave do Aragua.

Apesar das muitas dificuldades na criação, o Aragua tirou o zero do seu lado do placar aos dois minutos com um verdadeiro golaço. Stephens roubou a bola de Darlan, carregou a bola e soltou uma bomba da intermediária sem chances de defesa para Gabriel Chapecó.

Aos sete minutos o Grêmio recuperou o controle do jogo e marcou o terceiro gol da partida. Em mais uma ótima troca de passes, Léo Chú cruza rasteiro para Darlan, que invadiu a área e chutou sem chances para o goleiro Gil.

O Grêmio seguiu empilhando chances perdidas e aos 11 minutos foi a vez de Ricardinho - novamente - perder um gol. Após mais um cruzamento de Léo Chú, Ricardinho perdeu o gol na pequena área em lance que seria tranquilamente o quarto gol do Imortal.

Chegando com extrema facilidade, a equipe de Tiago Nunes perdeu mais uma chance aos 16 minutos. Darlan enfiou ótimo passe para Vanderson, que invadiu a área e obrigou Gil a tirar a bola para escanteio.

Aos 23 minutos foi a vez de um dos principais jogadores do elenco de Tiago Nunes balançar as redes. Em bom contra-ataque, Jean Pyerre tocou para Pepê, que apenas cumprimentou para as redes vazias do Aragua.

Imparável, o Imortal quase fez o quinto em duas oportunidades após os 40 minutos, quando Jean Pyerre carimbou a trave do Aragua e Elias perdeu uma boa chance após fazer uma giro na defesa do Aragua.

Aos 43 minutos o Aragua foi ao ataque novamente e balançou as redes do Grêmio. Paulo Miranda errou na saída de bola e entregou para Duche, que cruzou para Juan García desviar e diminuir a goleada.

Louco por mais gols, o Grêmio fez o quinto já aos 46 minutos. Elias recebeu dentro da área soltou uma bomba, sem chances para Gil.

Aos 47, o atacante Elias balançou as redes novamente. Em mais um contra-ataque, Pepê deixou com o centroavante, que completou o chocolate gremista.

Próximos jogos


Apesar de o grupo já estar resolvido - com a vaga do Grêmio - as equipes ainda jogarão mais uma partida pela fase de grupos da competição internacional.

Os dois clubes voltarão aos gramados na próxima quinta-feira (27). O Imortal vai visitar o La Equidad-COL enquanto o Aragua vai jogar fora de casa contra o Lanús, da Argentina.

Ficha técnica Aragua-VEN x Grêmio:

Local:
Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela, Caracas (VEN)
Data-Horário: 20/05/2021 - 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Eduardo Britos (PAR)
Cartões amarelos: Acuña (ARA); Vanderson, Fernando Henrique, Victor Bobsin (GRE)
Gols: Léo Chú (19'/1ºT), Ricardinho (30'/1ºT), Alfredo Stephens (2'/2ºT), Darlan (7'/2ºT), (Pepê' 23/2ºT), Juan García (43'/2ºT), Elias (46'/2ºT), Elias (47'/2ºT)

Aragua-VEN: Yosmel Gil; Daniel Rivillo (Acuña, aos 10/2ºT), Andrés Farreras, Manuel Trías e Roger Manríque; Diego Guerrero (Pedro Álvarez, aos 0/2ºT), Joiser Arias (Juan García, aos 0/2ºT), Homero Calderón e Ronald McIntosh (Arace, aos 0/2ºT); Alfredo Stephens x Daniel Febles (Duche, aos 18/2ºT). Técnico: Enrique García.

Grêmio: Gabriel Chapecó; Vanderson, Paulo Miranda, Rodrigues e Bruno Cortez; Darlan (Victor Ferraz, aos 24/2ºT), Fernando Henrique (Victor Bobsin, aos 14/2ºT) e Pinares (Jean Pyerre, aos 0/2ºT); Guilherme Azevedo (Pepê, aos 14/2ºT), Ricardinho (Elias, aos 35/2ºT) e Léo Chú. Técnico: Tiago Nunes.

Covid-19 e goleiro improvisado: a vitória do River na Libertadores

Últimas