Futebol Goleiro do PSG que ficou em coma revela a perda de 20 quilos e dificuldade para voltar a falar

Goleiro do PSG que ficou em coma revela a perda de 20 quilos e dificuldade para voltar a falar

Sergio Rico sofreu um acidente ao cair de cavalo, no fim de maio, passou 82 dias internado e escapou da morte por meio centímetro

  • Futebol | Do R7

Sergio Rico permaneceu 82 dias no hospital

Sergio Rico permaneceu 82 dias no hospital

Reprodução Instagram @sergioricogonzalez1

O goleiro Sergio Rico, do Paris Saint-Germain, afirmou, em entrevista para a rádio espanhola El Partidazo de Cope, que escapou da morte por meio centímetro e que, após sair do coma, teve dificuldade para voltar a falar. Além disso, o jogador revelou que os 82 dias que permaneceu internado em um hospital fizeram com que perdesse 20 quilos.

"Estou ansioso para que o médico me dê um pouco mais de liberdade, me sinto bem. Quero voltar à minha rotina e me sentir um jogador de futebol novamente. Perdi 20 quilos... pesava uns 92 e fiquei com 73. Agora, peso 88 quilos", disse.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Em maio, o craque teve um acidente e caiu de um cavalo na região da Andaluzia, no sul da Espanha. Com a queda, Rico sofreu um traumatismo cranioencefálico e, na internação, precisou da ajuda de aparelhos para respirar. Quando saiu do coma, ele teve dificuldade para falar e, no início, se comunicava com os familiares por olhares.

Afastado dos gramados, o espanhol se mantém calmo com a situação de recuperação e diz saber que "não está em seu poder" o retorno às atividades. "Sigo as ordens dos médicos, que estão no comando, e daqueles que salvaram a minha vida, sem exagerar em nada", explicou.

Nas redes sociais, Sergio Rico fez questão de agradecer à esposa, Alba Silva, que o acompanhou durante os 82 dias de internação. "Queria agradecer a você, meu amor, porque você lutou como uma campeã e nunca desistiu, porque você confiava cegamente que eu iria me recuperar. Você mostra seu bom coração. Te amo tanto, querida."

São Paulo é o maior campeão do Brasil, e Flu busca título inédito; veja os vencedores do Mundial

Últimas