Futebol Fora do Brasileirão, Palmeiras feminino vive crise interna

Fora do Brasileirão, Palmeiras feminino vive crise interna

Verdão ainda disputará a Libertadores da categoria; faixa de capitão é um dos motivos do afastamento da dupla de zaga titular

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Ary Borges protege a bola durante o duelo entre Palmeiras e Corinthians pelo Brasileirão

Ary Borges protege a bola durante o duelo entre Palmeiras e Corinthians pelo Brasileirão

FABIO MENOTTI/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS (10.09.2022)

Com a goleada sofrida pela semifinal do Brasileirão feminino, o Palmeiras se despediu do torneio caindo para o rival, Corinthians, no Allianz Parque. Apesar disso, o que preocupa ainda mais é a crise interna causada pelo atrito de duas jogadoras.

Sem qualquer justificativa para a imprensa foi informado que a dupla de zaga titular das palestrinas estavam fora do duelo mais importante da temporada, mesmo sem lesão. No caso, as defensoras Thais e Agustina Barroso.

De acordo com que a reportagem apurou, a comissão técnica liderada por Ricardo Belli "comprou" para si a responsabilidade de afastar as suas atletas devido uma briga pela faixa de capitã e o elenco ter se dividido nas opiniões.

Os problemas de relacionamento e a gestão de grupo das Verdonas já era uma preocupação há meses. Em junho, a direção optou em troca no comando técnico e demitiu Hoffmann Túlio. Sendo que negociou, mas não convenceu Jorge Barcelos voltar para o Brasil.

Na temporada, o time que tem Bia Zaneratto e Ary Borges como grandes destaques ainda está disputando o estadual da categoria, além de ter no calendário a 'Ladies Cup' e a inédita Libertadores nos próximos meses.

Veja as camisas especiais lançadas pelo Palmeiras na última década

Últimas