Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Fluminense e Boca Juniors decidem título da Copa Libertadores

Jogo único da final será realizado neste sábado (4), às 17h (de Brasília), no Maracanã

Futebol|Do Live Futebol BR


Final da Libertadores será realizada no Maracanã
Final da Libertadores será realizada no Maracanã

O campeão da Copa Libertadores de 2023 será conhecido neste sábado (4), quando Fluminense e Boca Juniors se enfrentam no Maracanã. A final está marcada para as 17h (de Brasília) e coloca frente a frente times com históricos diferentes na competição.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Enquanto o Boca Juniors busca o sétimo título para se igualar ao Independiente, também da Argentina, como o maior campeão da história da Libertadores, o Fluminense vai atrás da conquista inédita depois de ter batido na trave em 2008.

Leia também

Campanhas

Publicidade

O Fluminense chega à final com 66,6% de aproveitamento. Foram sete vitórias, três empates e duas derrotas. Líder do Grupo D, o Tricolor passou por Argentinos Juniors-ARG (oitavas de final), Olimpia-PAR (quartas) e Internacional (semifinal).

Já o Boca Juniors empatou todos os jogos do mata-mata, contra Nacional-URU (oitavas), Racing (quartas) e Palmeiras (semi), e passou nos pênaltis. O clube xeneize foi o líder do Grupo F.

Publicidade

Clima tenso

Os dias que antecederam a final deste sábado (4) foram marcados por confusões que envolveram os torcedores dos dois times no Rio de Janeiro (RJ). Por causa disso, a Conmebol realizou uma reunião de emergência e foi levantada a possibilidade de o jogo acontecer com os portões fechados.

Tricolor indefinido

Fernando Diniz não quis dar pistas ao adversário e fez mistério em relação à escalação inicial do Fluminense. A principal dúvida do treinador é entre o volante Martinelli ou o atacante John Kennedy. A dúvida será tirada apenas momentos antes de a bola rolar.

"Tem essas possibilidades, talvez outras. Se a dúvida está aí, vou deixar como está. Com o John Kennedy, você ganha mais profundidade, e com um cara no meio, em tese, você ganha mais recurso no meio de campo. A base de minha estratégia é colocar o melhor time para cada jogo e é o que vou fazer", despistou Fernando Diniz.

A boa notícia é a volta do zagueiro Nino, que não joga desde o dia 8 de outubro. O capitão tricolor sofreu uma entorse no joelho esquerdo durante treinamento da seleção brasileira na última data Fifa e realizou tratamento intensivo para estar em campo.

Boca tem baixa importante

O Boca Juniors não vai poder contar com o zagueiro Marco Rojo, que foi expulso no segundo jogo da semifinal contra o Palmeiras. Assim, Valentini deve ser o companheiro de Figal. A dúvida é em relação à presença do centroavante Benedetto como opção no banco de reservas.

"No momento em que chegamos na final, começo a pensar que tudo o que eu vivi na carreira antes não interessa. Penso no presente. No que está para ser jogado. É o jogo da minha vida. Por tudo o que significa jogar essa partida. Pelo lugar que vamos jogar. Pelo momento da minha carreira. São muitos temperos que ajudam a dizer que é o jogo mais importante", comentou o atacante Cavani.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X BOCA JUNIORS

Local Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e horário  sábado (4), às 17h (de Brasília)

Árbitro  Wilmar Roldan (Colômbia)

Auxiliares Alexander Guzman (Colômbia) e Dionisio Ruiz (Colômbia)

Árbitro de vídeo  Juan Lara (Chile)

FLUMINENSE Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Martinelli (John Kennedy) e Ganso; Arias, Keno e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

BOCA JUNIORS  Romero; Advíncula, Figal, Valentini e Fabra; Medina, G. Fernández, E. Fernández e Valentin Barco; Merentiel e Cavani. Técnico: Jorge Almirón.

Escolha errada? Neymar, CR7 e Benzema sofrem desvalorização na Arábia Saudita; veja lista e valores

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.