Futebol Flamengo vence o Grêmio em Porto Alegre e abre 13 pontos no Brasileiro

Flamengo vence o Grêmio em Porto Alegre e abre 13 pontos no Brasileiro

Os cariocas venceram dos gaúchos por 1 a 0, com gol de Gabigol, sem oito titulares em campo. O artilheiro do campeonato foi expulso por reclamação

Diego Var/Reuters - 17.11.2019

O Flamengo foi a Porto Alegre e venceu o Grêmio por 1 a 0, neste domingo (17), pela 33ª rodada do Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro abriu 13 pontos do vice-líder Palmeiras, com um jogo a mais.

Gabigol foi o destaque do jogo, fez o único gol da partida no primeiro tempo. Já no segundo tempo, foi expulso por reclamação.

Com o empate do Palmeiras contra o Bahia, o Flamengo pode ser campeão já na próxima rodada, mesmo sem entrar em campo. Basta que o Verdão não vença do Grêmio, no Allianz Parque, domingo.

Com a derrota, o Tricolor se mantém na quarta colocação do campeonato e está com a vaga da Libertadores de 2020 praticamente garantida.

O jogo

O líder do Brasileirão entrou em campo sem oito titulares, o que não significou que o time se encolheu diante dos gremistas e dos quase 30 mil torcedores gaúchos. O Flamengo teve um pouco de dificuldade no setor defensivo, mas o Grêmio não aproveitou.

Do meio para frente, Gabigol e Arrascaeta procuraram o jogo o tempo todo, tanto que a primeira chance real de gol foi rubro-negra. Aos 19 minutos, Michel perdeu a bola no ataque e o Flamengo aproveitou. Gabriel tabelou com Arrascaeta e chutou rasteiro dentro da área. Paulo Victor salvou.

O Grêmio poderia ter aberto o placar em uma cobrança de falta de Alisson, mas Diego Alves fez boa defesa.

Aos 33 minutos, Gabriel tentou um cruzamento na área e a bola bateu no braço de Léo Moura, quando ele estava caindo de carrinho. Raphael Klaus deu pênalti. O artilheiro do Brasileiro cobrou e fez. Já são 22 gols do camisa 9 no campeonato.

Confusão

Foi só o juiz apitar o fim do primeiro tempo, que os jogadores dos dois times discutiram. Os gremistas entenderam que o pênalti não existiu, porque a Fifa mudou a regra. Quando a bola bate no braço de apoio do atleta não pode ser considerado falta.

Mas o VAR entrou em ação e o pênalti foi validado.

Segundo tempo

O Grêmio voltou do intervalo disposto a empatar a partida. Para isso, aumentou a posse de bola, mas foi o Flamengo que quase ampliou o placar.

Pepê perdeu a bola e os cariocas desceram em velocidade. Gabriel recebeu na direita, cortou para o meio e chutou forte. Mas não fez.

O treinador Renato Portaluppi fez duas substituições e colocou cinco atacantes em campo. A pressão aumentou, porém, o time só conseguiu escanteios. Foram nove no total.

Aos 25 minutos, Léo Moura tocou para Pepê, que chutou por cima do gol. Foi a melhor oportunidade gremista.

O Grêmio não aproveitou o jogador a mais e os flamenguistas em Porto Alegre gritaram "É campeão", na Arena do Grêmio.

Gabigol expulso

aos 29 minutos, o camisa 9 no Flamengo reclamou com o árbitro e levou amarelo. Após Klaus mostrar o cartão, Gabriel ironizou e bateu palmas. Ele levou o segundo amarelo e um vermelho.

Próximos confrontos

O Flamengo não joga no próximo fim de semana do Campeonato Brasileiro, porque vai disputar a final da Libertadores, contra o River Plate, no sábado (23), em Lima, no Peru.

O Grêmio viaja para São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, no domingo, às 16.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Gabigol: conheça as mulheres que mimam o artilheiro do Brasileirão