Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Fernando Lázaro não aguenta pressão e deixa o comando do Corinthians

Saída do treinador foi definida em reunião entre os dirigentes realizada nesta quinta-feira (20)

Futebol|Do Live Futebol BR

Fernando Lázaro não é mais o treinador do Corinthians
Fernando Lázaro não é mais o treinador do Corinthians Fernando Lázaro não é mais o treinador do Corinthians

Fernando Lázaro não é mais o treinador do Corinthians. A sua saída foi definida após reunião realizada entre os dirigentes nesta quinta-feira (20), no Centro de Treinamento Joaquim Grava.

O agora ex-técnico seguirá no clube, mas como auxiliar permanente. Seus auxiliares, Luciano Dias e Thiago Larghi, deixam o clube. A situação de Fernando Lázaro ficou insustentável depois da apresentação do time na derrota para o Argentinos Juniors, da Argentina, por 1 a 0, na última quarta-feira (19), em plena Neo Química Arena, pela segunda rodada da Copa Libertadores.

Em nota oficial, o clube paulista se manifestou sobre as saída dos auxiliares de Lázaro: "O Corinthians agradece aos profissionais por toda contribuição nos serviços prestados à instituição e deseja sucesso na sequência das carreiras".

Leia também

O treinador foi um dos principais alvos dos torcedores depois de mais uma atuação ruim do Corinthians e o gerente de futebol Alessandro Nunes já havia deixado no ar a possibilidade de uma mudança.

Publicidade

"Com cabeça fria e não nesse momento, em que todo mundo está extremamente decepcionado com o resultado, a decisão será tomada. Não estou vindo aqui para dizer nem que sim nem que não vai haver mudança. Com sabedoria e calma a gente avalia as decisões corretas para o clube", disse Alessandro Nunes.

Sob o comando de Fernando Lázaro, o Timão disputou 17 jogos, com oito vitórias, cinco empates e quatro derrotas. O aproveitamento é de 56,86%.

Publicidade

Pressão

Desde que foi anunciado como substituto de Vítor Pereira, em novembro do ano passado, Fernando Lázaro convivia com a desconfiança da torcida. Afinal, essa é a sua primeira experiência como treinador.

Publicidade

As críticas começaram com a eliminação nas quartas de final do Paulistão para o Ituano, nos pênaltis, na Neo Química Arena. Já na semana passada, Fernando Lázaro viu a pressão aumentar ao escalar um time misto na derrota para o Remo-PA, por 2 a 0, em Belém (PA), pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. A gota d'água foi o revés para o Argentinos Juniors.

Manipulação de jogos: conheça os jogadores investigados e o que aconteceu com cada um

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.