Futebol Candidato a presidente do Corinthians vai à eleição com colete à prova de bala

Candidato a presidente do Corinthians vai à eleição com colete à prova de bala

Augusto Melo, da oposição, disse que sofreu ameaças nos últimos meses; o clube reforçou segurança após goleada contra o Bahia

Jogada 10
Augusto Melo votou neste sábado (25)

Augusto Melo votou neste sábado (25)

José Manoel Idalgo/Ag.Corinthians - 25.11.2023

O Corinthians reforçou a segurança em sua sede social, o Parque São Jorge, na eleição presidencial que ocorre neste sábado (25). Além de ter contratado 250 seguranças e contado com a forte presença da PM no entorno, o clube instalou um detector de metais por onde os votantes obrigatoriamente devem passar antes de deixar a sua escolha nas urnas.

Augusto Melo, um dos candidatos, foi ao local de votação com um colete à prova de bala. Ele revelou que procurou se prevenir, já que vem sofrendo ameaças nos últimos meses.

O colégio eleitoral no Timão tem 4.600 pessoas com poder de voto. Para participar da eleição, é necessário ser sócio do clube há cinco anos e estar com as mensalidades em dia. A propósito, o atual presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, já deixou seu voto. Internamente, há bastante movimentação e filas de votantes nas urnas, emprestadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). Aliás, os relatos são de que não se registraram incidentes no ginásio Wlamir Marques.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Em contrapartida, na área externa há registros de alguns episódios com ameaças a jornalistas. A principal organizada do Timão, a Gaviões da Fiel, tem forte presença do lado de fora do Parque São Jorge, com protestos contra a atual diretoria e, consequentemente, apoio a Augusto Melo.

Candidatos a presidente do Cortinthians

André Luiz de Oliveira, também conhecido como André Negão, candidato da situação, disputa com Augusto Melo, da oposição, o cargo de mandatário pelos próximos três anos (2024-2026). Dessa forma, os associados do clube paulista devem ir à sede social do Timão, o Parque São Jorge, entre as 9h e as 17h, para votar.

Nervos à flor da pele no Timão

O Corinthians buscou se prevenir, já que, nas vésperas da votação, a equipe sofreu uma goleada de 5 a 1 para o Bahia, na Neo Química Arena. Com a combinação de resultados na rodada, o Coringão pode ficar muito próximo da zona de rebaixamento. Após a partida, a principal torcida organizada do clube, a Gaviões da Fiel, protestou no setor norte do estádio.

Além disso, na madrugada desta sexta-feira (24), um dia antes da eleição, o Parque São Jorge foi foco de tiros em sua fachada. Segundo funcionários e testemunhas, o ataque ocorreu perto das 3h30. Os vândalos fizeram pichações com críticas ao candidato André Negão e ao grupo Renovação e Transparência, que tem o ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez como líder.

Algumas das mensagens expostas eram “vai morrer”, “guerra” e “fora André Negão”. O clube fez um boletim de ocorrência e anunciou que está colhendo imagens das câmeras de segurança e outros indícios para ajudar no reconhecimento dos suspeitos.

Goleada sofrida pelo Corinthians gera chuva de memes e piadas; confira os melhores

Últimas