Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Deschamps convoca França com algumas novidades e diz que Benzema 'ficou no passado'

Atacante francês foi eleito Bola de Ouro no ano passado, porém, por uma lesão, ficou fora da Copa do Mundo do Catar

Futebol|

Benzema esteve na lista dos convocados por Deschamps para a Copa, mas ficou fora por lesão
Benzema esteve na lista dos convocados por Deschamps para a Copa, mas ficou fora por lesão Benzema esteve na lista dos convocados por Deschamps para a Copa, mas ficou fora por lesão

O técnico Didier Deschamps divulgou, nesta quinta-feira (16), sua lista de convocados para as partidas da próxima semana, contra Holanda e Irlanda, pelas Eliminatórias da Eurocopa. Contando com por boa parte dos jogadores que foram vice-campeões na Copa do Catar, a convocação tem algumas novidades e deixou de fora o atacante Karim Benzema, de 35 anos, com quem Deschamps viveu um episódio desconfortável nos últimos dias.

Durante a semana passada, Deschamps relembrou, em entrevista ao jornal Le Parisien, o corte de Benzema no Mundial, por causa de uma lesão. O treinador contou que deu ao atacante a opção de permanecer com o grupo até o final, mas que, quando acordou no dia seguinte, "ele já tinha ido embora".

Após a publicação da declaração, Benzema usou o Instagram para rebater o técnico. Publicou um vídeo em que um homem repete a frase "mentiroso, é um mentiroso" e escreveu "Santo Didier, boa noite". Deschamps não quis se estender sobre o assunto nesta quinta.

"Já contei o que aconteceu, é um assunto encerrado, que pertence ao passado. Para mim, o importante é o futuro, são as partidas que temos adiante com esses 23 jogadores", comentou o treinador. "Eu não vejo as redes sociais", completou.

Continua após a publicidade

Benzema esteve em campo na quarta-feira e marcou o gol da vitória por 1 a 0 do Real Madrid sobre o Liverpool, nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Ao final da partida, também foi questionado sobre a polêmica. "Nada a dizer", respondeu.

Uma das principais novidades da lista é a convocação de Khéphren Thuram, do Olympique de Marseille, irmão do atacante Marcus Thuram, do Borussia Mönchengladbach, que participou da Copa do Catar. Os dois são filhos do ex-defensor Lilian Thuram, campeão da Copa de 1998 ao lado de Deschamps, na época volante e capitão da seleção francesa.

Continua após a publicidade

Nomes importantes da França nos últimos anos, como o goleiro Hugo Lloris e o zagueiro Räphael Varane, estão oficialmente aposentados da seleção e, portanto, fora da lista. Por isso, Deschamps chamou o goleiro Brice Samba, do Lens, e o zagueiro Wesley Fofana, do Chelsea, pela primeira vez. Sem Ousmane Dembelé, lesionado, o treinador convocou Moussa Diaby, do Bayer Leverkusen, para o ataque.

Leia também

Veja a convocação da seleção francesa:

Goleiros: Mike Maignan (Milan), Alphonse Areola (West Ham) e Brice Samba (Lens).

Continua após a publicidade

Defensores: Théo Hernandez (Milan), Jules Koundé (Barcelona), Benjamin Pavard (Bayern de Munique), Wesley Fofana (Chelsea), Dayot Upamecano (Bayern de Munique), Eduardo Camavinga (Real Madrid), William Saliba (Arsenal) e Ibrahima Konaté (Liverpool).

Meio-campistas: Adrien Rabiot (Juventus), Aurélien Tchouaméni (Real Madrid), Youssouf Fofana (Monaco), Khéphren Thuram (Nice), Jordan Veretout (Marseille).

Atacantes: Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain), Olivier Giroud (Milan), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Moussa Diaby (Bayer Leverkusen), Randal Klo Muani (Eintracht Frankfurt), Kingsley Coman (Bayern Munich) e Marcus Thuram (Borussia Mönchengladbach).

Da prisão ao anúncio de divórcio: relembre a novela entre Joana Sanz e Daniel Alves

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.