Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Vitor Roque volta a marcar, e Cruzeiro e Athletico ficam no empate no Mineirão

Raposa sai atrás no marcador, mas busca empate no fim, e precisa de mais uma vitória para garantir permanência na Série A

Futebol|Do R7, com informações do Jogada10

Partida terminou empatada no Mineirão
Partida terminou empatada no Mineirão Partida terminou empatada no Mineirão

Tudo igual na capital mineira. Nesta quinta-feira (30), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro 2023, o Cruzeiro recebeu o Athletico, e as equipes empataram por 1 a 1 no Mineirão. Vitor Roque abriu o placar para os visitantes, mas Matheus Pereira evitou a derrota da Raposa.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 45 pontos, na 14ª colocação, e pode se livrar matematicamente do rebaixamento na próxima rodada. Para isso, o Cabuloso precisa vencer o jogo. O Athletico chegou aos 53 pontos, mas agora não tem mais chances de se classificar para a Libertadores.

Cruzeiro e Athletico voltam a campo no domingo (3), pela 37ª rodada do Brasileirão 2023. A Raposa encara o Botafogo, fora de casa. O Furacão enfrenta o Santos, na Ligga Arena.

Como foi o jogo

Jogando em casa, o Cruzeiro fez valer o fator mandante para dominar a etapa inicial. O time mineiro criou grandes chances, mas parou na trave ou no goleiro. Aos 7 minutos, em um bombardeiro, Arthur Gomes acertou o travessão e obrigou Bento a fazer grande defesa no rebote. Na sobra, Cacá tirou em cima da linha o que seria gol de Marlon.

Publicidade

Um minuto depois, Machado cobrou falta com perigo, mas Bento novamente fez boa defesa. O Furacão, que mais se defendeu, teve grande oportunidade no fim do primeiro tempo. Willian Bigode ficou sozinho com o goleiro Rafael Cabral, porém viu o arqueiro celeste fazer a defesa.

O Cruzeiro seguiu pressionando em busca de abrir o placar no começo da etapa final, mas a má pontaria, que acompanhou o clube durante a temporada, se fez presente mais uma vez.

Publicidade

O Furacão aproveitou uma das raras vezes que foi ao ataque e inaugurou o marcador aos 19 minutos. E teve lei do ex. Fernandinho levantou bola na medida para Erick, que escorou para Vitor Roque só empurrar para o gol.

O empate poderia vir aos 30 minutos, depois que Matheus Pereira sofreu pênalti. Na cobrança, porém, Bruno Rodrigues bateu mal, e Bento caiu para o lado direito para fazer a defesa no cantinho.

Publicidade

Atrás no marcador, o Cruzeiro continuou buscando o empate e conseguiu aos 38'. Nikão entregou para Matheus Pereira na entrada da área, e ele acertou lindo chute de chapa. Bento chegou a pular, mas não teve chances desta vez.

Vitor Roque abriu o placar no Mineirão
Vitor Roque abriu o placar no Mineirão Vitor Roque abriu o placar no Mineirão

Quem gostou da partida foi o Barcelona. O atacante Vitor Roque, já vendido ao clube espanhol, marcou pela primeira vez desde setembro. Ele rompeu os ligamentos do tornozelo direito e ficou de fora de dez partidas do Furacão. Após entrar em campo contra o Vasco, veio para a segunda etapa contra o ex-clube e marcou o seu 12º gol no Brasileirão.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Ficha técnica

CRUZEIRO 1 x 1 ATHLETICO

36ª rodada do Brasileirão Série A

Data: 30/11/2023, às 20h (de Brasília)

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gol: Vitor Roque (CAP) ; Matheus Pereira (CRU)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Maira Mastella Moreira (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (Fifa-RS)

Cartão Amarelo: Ian Lucas, Neris e William (CRU); Matheus Felipe, Cacá, Hugo Moura e Rômulo (CAP)

CRUZEIRO: Rafael Cabral; William, Neris, Luciano Castán e Marlon; Machado (Lucas Silva), Japa (Nikão), Ian Luccas (Fernando Henrique), Matheus Pereira e Arthur Gomes (Robert); Bruno Rodrigues (Rafael Elias). Técnico: Paulo Autuori

ATHLETICO: Bento; Cacá, Thiago Heleno e Matheus Felipe (Kaíque Rocha); Cuello, Erick, Fernandinho, Vitor Bueno (Hugo Moura), Zapelli (Madson) e Christian (Rômulo); Willian Bigode (Vitor Roque). Técnico: Wesley Carvalho

Confira as possibilidades de título e rebaixamento do Brasileirão após os jogos desta quarta-feira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.