Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Corinthians se afunda em crise dentro e fora de campo

O ano eleitoral vem mexendo com os bastidores do Timão, e problemas não param de aparecer

Futebol|Do Live Futebol BR


Torcida do Corinthians perdeu a paciência
Torcida do Corinthians perdeu a paciência

O Corinthians é uma bomba-relógio prestes a explodir. Os bastidores estão agitados, com protestos de torcedores contra a diretoria, a agressão ao meia-atacante Luan e conflitos políticos. Dentro de campo, o Timão acumula tropeços e vê o risco de rebaixamento no Brasileirão aumentar a cada rodada.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Sem conseguir deslanchar com Vanderlei Luxemburgo, o Corinthians caiu ainda na fase de grupos da Copa Libertadores e está na beira da zona de rebaixamento do Brasileirão. O alento é a presença nas quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (5), inclusive, faz o jogo de ida contra o América-MG, em Belo Horizonte (MG).

Publicidade

Leia também

Tudo isso, porém, é reflexo do que está acontecendo fora de campo. A falta de planejamento da diretoria, sob a presidência de Duilio Monteiro Alves, fez o Corinthians ter três treinadores em apenas cinco meses: Fernando Lázaro, depois Cuca e, por último, Luxemburgo, que, com 33,3% de aproveitamento, já começa a balançar no cargo.

Não é à toa que Duilio Monteiro Alves vem sendo alvo frequente de protesto dos torcedores. Na madrugada desta terça-feira (4), por exemplo, faixas foram espalhadas por São Paulo e em outras cidades do Brasil para pedir a saída do presidente, cujo mandato termina no fim deste ano.

Publicidade

A eleição presidencial para o triênio 2024-2026 é outra questão que vem agitando os bastidores do Corinthians. No comando do clube há mais de 15 anos, a chapa Renovação e Transparência lançou oficialmente a candidatura de André Luiz Oliveira, mais conhecido como André Negão. A apresentação aconteceu nesta terça.

André Luiz Oliveira tem como principal adversário o empresário Augusto Melo, que representa a oposição e foi candidato na última eleição, realizada em 2020. Na ocasião, Duilio Monteiro Alves ganhou de forma apertada, com 1.081 votos, contra 939 em Augusto Melo, que ficou em segundo lugar.

Mais polêmica

Para fechar o momento turbulento do Corinthians, um caso de polícia. Na madrugada desta terça-feira, membros da Gaviões da Fiel — a principal torcida organizada do clube — invadiram um motel e agrediram o meia Luan, que estava em um quarto acompanhado de oito pessoas.

Fora dos planos de Vanderlei Luxemburgo, Luan foi contratado em 2020, vindo do Grêmio, por quase R$ 30 milhões e não rendeu o esperado. Sem entrar em campo desde novembro do ano passado, quando estava emprestado ao Santos, o meia tem 80 partidas e 11 gols pelo Timão, com quem tem contrato até dezembro de 2023.

Valeu a pena? Veja de quem o Corinthians abriu mão para ter Yuri Alberto

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.