Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Conmebol convoca reunião com Fluminense e Boca Juniors para tratar casos de violência

Torcedores dos dois times se enfrentaram em briga generalizada na praia de Copacabana; argentinos reclamam de falta de segurança

Futebol|Do R7


A Conmebol convocou, nesta sexta-feira (3), uma reunião em caráter de urgência com dirigentes do Fluminese, CBF, Boca Juniors e AFA para tratar dos casos de violência que estão acontecendo no Rio de Janeiro às vésperas da grande final.

Nesta quinta-feira (2), torcedores dos dois times se enfrentaram na praia de Copacabana e na Lapa, e a situação é preocupante para a federação.

A data da final, que acontece no sábado às 17h (horário de Brasília), está mantida. A partida, até o momento, terá como palco o estádio do Maracanã. No entanto, em 2018, o jogo entre Boca Juniors e River Plate foi transferido para o estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, na Espanha, e se a violência persistir a Conmebol não descarta a possibilidade de fazer o mesmo em 2023 ou de realizar o jogo com portões fechados.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

A reunião acontece na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, às 11h30 (horário de Brasília), e não contará com a presença de autoridades. O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, entrou em contato com o governador do Rio, Claudio Castro, e com o ministro da Justiça, Flávio Dino.

Os argentinos alegam insatisfação com a segurança da torcida e o comportamento da polícia local, e a Conmebol espera envolver os clubes e confederações para fazer um pedido pelo fim da violência.

Vivendo auge na carreira, Diniz pode conquistar primeiro grande título

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.