Futebol Chegou a hora: Santos visita Banfield em noite de estreias

Chegou a hora: Santos visita Banfield em noite de estreias

Se Goulart já mostrou a que veio, torcedor quer que reforços mais recentes também joguem neste primeiro duelo pela Sul-Americana

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Goulart com bola desenhada por  uma refugiada venezuelana

Goulart com bola desenhada por uma refugiada venezuelana

Santos FC

Com uma unanimidade diante da torcida – Ricardo Goulart, quatro gols na temporada – e caras novas. Este é o Santos que, nesta terça-feira (5), às 19h15, estreia pela Copa Sul-Americana 2022 diante do Banfield, da Argentina. O duelo ocorre no estádio Florencio Sola, na Grande Buenos Aires.

O zagueiro Maicon deve vestir a camisa do Peixe pela primeira vez. É grande a expectativa do torcedor santista quanto ao desempenho do experiente atleta de 33 anos. 

Outra novidade é o volante Rodrigo Fernández: ele teve seu nome regularizado junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) quando já estava concentrado na Argentina e, assim, fica disponível para o técnico Fábian Bustos.

O comandante do Alvinegro Praiano espera também contar com o meia-atacante Jhojan Julio, mais um reforço da temporada. Assim como Willian Maranhão, volante que, de todos os oito reforços do ano, é o que mais vem despertando dúvidas no torcedor.

Idas e ausências

O Peixe não terá Marcos Leonardo, que cumpre suspensão de três jogos na Sul-Americana por conta de expulsão em 2021. Já Léo Baptistão e Ângelo ainda se recuperam de lesões.

O lateral-direito Auro sequer viajou com a delegação por decisão técnica de Bustos. Bryan Angulo, que acabou de chegar, ainda está em fase de ambientação

Já Madson, da mesma posição, está de volta após ficar fora por seis partidas: ele se machucou em derrota por 3 a 0 para o São Paulo, em 20/2, na oitava rodada do Paulista.

Momentos diferentes

Enquanto o Santos focou nos treinos em dois períodos por quatro vezes a cada semana desde seu adeus ao estadual, em 19 de março, o Banfield vem oscilando na Copa da Liga Profissional do Futebol Argentino.

Hoje, o Banfield é apenas o sétimo colocado, com 11 pontos, e chega com derrota na bagagem: 2 a 0 para o Argentinos Junior, em 1 de abril. Aliás, dos últimos quatro jogos, só ganhou um, contra o Lanús, por 1 a 0, em 19 de março.

Retorno no apito

Uma curiosidade sobre o árbitro escolhido pela organizadora da competição, a Conmebol: o paraguaio Derlis López, que jamais apitou um jogo do Alvinegro Praiano, vem de suspensão por, ao atuar no VAR (árbitro de vídeo), ter sido corresponsável pela anulação de gol legítimo do Boca Juniors contra o Atlético-MG, na Bombonera, em duelo que terminou em 0 a 0 pela Libertadores do ano passado.

Presente de refugiada

Horas antes do confronto na Argentina, o Santos postou foto de parte do elenco com bola desenhada por uma refugiada venezuelana que vive no Brasil, cujo primeiro nome, único divulgado, é Skarly.

A bola é resultado de um concurso criado pelo Acnur (Agência da ONU para Refugiados), em parceria com a organização Alive and Kicking, para apoiar as atividades esportivas.

FICHA TÉCNICA
Banfield (ARG) x Santos
Local: Estádio Florencio Sola, Grande Buenos Aires, Argentina
Data e hora: terça-feira (4), às 19h15
Árbitro: Derlis López (Paraguai)

BANFIELD: Enrique Bologna; Emanuel Coronel, Maciel, Luciano Lollo e Ian Escobar; Urzi, Domingo, Galoppo e Álvarez; Erik Lopez e Juan Manuel Cruz. Técnico: Diego Dabove.

SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão, Rodrigo Fernández, Vinícius Zanocelo e Ricardo Goulart; Lucas Barbosa (Jhojan Julio) e Lucas Braga. Técnico: Fabián Bustos.

Santos tem seis estrangeiros no time: veja quem são

Últimas