Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

De olho no Corinthians, Palmeiras pode poupar titulares contra o Água Santa

Pelo Paulistão, o Verdão enfrenta o Netuno neste domingo (12) e, em seguida, visita o Corinthians, na Arena, na quinta-feira (16)

Campeonato Paulista|Do Live Futebol BR


Abel Ferreira, técnico do Palmeiras
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras

Os reservas do Palmeiras podem ganhar uma chance de mostrar serviço neste domingo (12), quando o Verdão vai a Diadema enfrentar o Água Santa, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Se seguir a lógica do início da temporada, o técnico Abel Ferreira pode optar por enfrentar o Netuno com o time reserva.

Isso porque, na próxima quinta-feira (16), o Verdão visita o Corinthians para o último clássico da primeira fase, na Arena. A expectativa é que a equipe alviverde enfrente o clube do Parque São Jorge com força total, assim como nos dois outros clássicos disputados até o momento.

Em 2023, o Palmeiras já disputou dois clássicos, todos com o mesmo time, que tem sido o titular de Abel Ferreira desde a terceira rodada: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu, Rony e Endrick. Essa equipe também enfrentou o Flamengo, pela Supercopa do Brasil.

Leia também

Exceção feita ao jogo contra o São Paulo, pela terceira rodada, Abel Ferreira poupou seus titulares antes dos dois jogos mais importantes da temporada até agora. Antes de enfrentar o Flamengo pela Supercopa, o Verdão venceu o Ituano com o time reserva. Em seguida, de olho no Santos e voltando de viagem de Brasília, os reservas voltaram a vencer, dessa vez contra o Mirassol. Assim como a partida deste domingo, ambos os jogos foram fora de casa.

Publicidade

Além disso, Abel Ferreira ainda não escalou o time titular em mais de três jogos seguidos nesta temporada. A única sequência de três partidas foi nas três primeiras rodadas do Paulistão. Se não se poupar contra o Água Santa, o Verdão chegará a quatro jogos seguidos com a equipe titular pela primeira vez em 2023.

Entenda porque a CBF está obcecada por Carlo Ancelotti para assumir a seleção brasileira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.