Campeonato Paulista Corinthians perde patrocinadores, mas novo parceiro garante aporte

Corinthians perde patrocinadores, mas novo parceiro garante aporte

Antigas parceiras do clube, Midea e Positivo não renovaram; em contrapartida, Grupo Taunsa assinou com o Timão até 2023

Corinthians encerrou vínculo com as empresas Midea e Positivo, que estampavam a camisa

Corinthians encerrou vínculo com as empresas Midea e Positivo, que estampavam a camisa

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Os contratos do Corinthians com as empresas Midea e Positivo terminaram no final de
2021 e não houve acordo entre as partes para renovação. Os nomes das marcas já não aparecem mais no site oficial do clube.

No caso da Positivo, a empresa chegou ao Timão em 2018 e a primeira intenção era ficar até 2019, mas retornou com o patrocínio no ano seguinte. Já a Midea esteve no clube por um período mais curto de tempo, com início em 2020, estampando as costas da camisa corintiana.

Embora as duas baixas sejam significativas, o Corinthians conseguiu um novo aporte através do acerto feito com a Taunsa, empresa que atua no agronegócio e que assinou contrato inicial até 2023.

Inclusive, foi a própria Taunsa que viabilizou fortemente a contratação do meia Paulinho, mostrando que a parceria pode render bons frutos.

Até o presente momento, o clube do Parque São Jorge conta com oito patrocinadores para o time principal masculino, sendo eles: Vitaminas Neo Química, Banco BMG, Ale, Taunsa, Mercado Bitcoin, Guaraná Poty, Galera Bet e Cartão de Todos.

Raio-x do Paulistão: veja como chegam os clubes para o torneio

Últimas