Com dois a menos, RB Bragantino perde para o Ituano

Equipe de Bragança Paulista teve um lateral e o goleiro expulsos e o Galo de Itu aproveitou os espaços para garantir o 2 a 0 em casa

Em casa, Ituano se aproveitou da superioridade numérica e fez 2 a 0

Em casa, Ituano se aproveitou da superioridade numérica e fez 2 a 0

Fernando Roberto Teixeira/Ituano FC

Buscando seguir vivo em busca da classificação para às quartas de final do Campeonato Paulista, o Ituano venceu o já classificado RB Bragantino por 2 a 0 na noite deste domingo (13) em partida válida pela 11º rodada da competição. Os dois gols no estádio Novelli Júnior, em Itu, foram de Gabriel Barros.

Com o resultado, o Galo chega a 18 pontos, e assume a segunda posição do equilibrado Grupo C - o Botafogo-SP venceu o Novorizontino, de virada, e também chegou aos 18 pontos. Já o RB Bragantino, segue na liderança da chave D, com 19 pontos.

O jogo
A partida começou bastante disputada, com os dois times se aproveitando do volume ofensivo para buscar o gol adversário. Bastante empolgados, os donos da casa foram os que tiveram melhores chances nos primeiros 45 minutos.

Primeiro, Roberto parou na boa defesa de Clayton. Depois, Rafael Elias quase abriu o placar, mas a bola passou raspando a trave.

O duelo seguiu sem muitas emoções, ainda que bastante disputado. No final do primeiro tempo, Guilherme, lateral do Massa Bruta, fez falta dura em cima de Igor Henrique. Os ânimos se exaltaram e jogadores trocaram empurrões e ofensas. Após a consulta do VAR, o árbitro Ilbert Estevam optou por expulsar o lateral do Toro Loko.

RB Bragantino do técnico Maurício Barbieri teve dois jogadores expulsos em Itu

RB Bragantino do técnico Maurício Barbieri teve dois jogadores expulsos em Itu

Ari Ferreira / RB Bragantino

Já no segundo tempo, o Ituano seguiu buscando trocar passes e encontrar espaços na defesa do RB Bragantino, que tinha um a menos. Apesar disso, o Galo de Itu não conseguia aproveitar o homem a mais em campo e precisava mudar a postura. Pensando nisso, o técnico Mazola Júnior fez mudanças que surtiram efeito.

Aos 20 minutos, Gabriel Barros entrou no lugar de Kaio, e aos 29’ foi o responsável por abrir o placar da equipe.

E realmente a noite não era do Massa Bruta. Aos 36’, o goleiro Cleiton se adiantou e tocou com a mão fora da área. O árbitro expulsou o arqueiro, deixando a equipe do técnico Maurício Barbieri com dois a menos. Por conta de já ter realizado todas as substituições, o atacante Hurtado precisou assumir a função de goleiro.

Nem três minutos depois, Gabriel Barros ampliou, de peixinho, para o Galo de Itu. Depois, a equipe comandada por Mazola apenas administrou em seu campo de defesa e garantiu mais três pontos na competição importantes na briga pela classificação às quartas de final.

FICHA TÉCNICA
Ituano 2 x 0 RB Bragantino
Local: estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data e hora: domingo (13), às 20h30
Árbitro: Ilbert Estevam da Silva
Auxiliares: Fabrini Bevilaqua Costa e Denis Matheus Afonso Ferreira
VAR: Fabiano Monteiro dos Santos
Gols: Gabriel Barros, aos 29’/2ºT e aos 39’/2ºT (Ituano)
Cartões amarelos: Luciano e Léo Ortiz (RB Bragantino)
Cartões vermelhos: Guilherme e Cleiton (RB Bragantino)

ITUANO: Pegorari; Léo Santos, Rafael Pereira (Jiménez), Cleberson e Pacheco; Igor Henrique (Aylon), Kaio (Gabriel Barros), Lucas Siqueira e Gerson Magrão; Roberto (Mário Sérgio) e Rafael Elias (Lucas Nathan). Técnico: Mazola Júnior

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan e Guilherme; Luciano (Lucas Evangelista), Hyoran (Sorriso) e Praxedes (Miguel); Bruno Tubarão (Jan Hurtado), Arthur e Ytalo (Weverson). Técnico: Maurício Barbieri

Pedro não é o único: veja bons jogadores que são reservas de luxo
 

Últimas