Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ceni elogia Luan, mas afirma: 'Não está pronto para jogar os 90 minutos'

Treinador também afirmou que os poucos minutos do atleta são devido a renovação contratual com o São Paulo

Campeonato Paulista|Do Live Futebol BR

Luan comemorando gol pelo São Paulo
Luan comemorando gol pelo São Paulo Luan comemorando gol pelo São Paulo

O volante Luan é um dos jogadores que caiu nas graças da torcida do São Paulo. Mesmo após uma lesão gravíssima que o afastou dos gramados nos últimos meses, o atleta é constantemente pedido pelos torcedores e diante do Santos, entrou no decorrer da partida e marcou um gol.

“O Luan é um jogador bem específico para proteger a zaga, mas ele, na necessidade de ir e voltar em combate, ao longo de 90 minutos, não está pronto para jogar os 90 minutos. Mas ele, logicamente, briga pela sua posição”, explicou Rogério Ceni após o apito final.

Ceni ainda seguiu, dizendo que a entrada e função desempenhada por Luan só foi possível devido às expulsões dos jogadores santistas.

Leia também

“Ele entrou no minuto 70, era um dez contra oito. O Méndez se manteve como primeiro volante, e o Luan tem qualidade para jogar. Ele está acostumado a ser um primeiro volante, mas, num dez contra oito, em que o adversário só se defende, ele pôde jogar mais adiantado. Ele se dá ao luxo de chegar mais, tanto que faz um belíssimo gol numa finalização de fora da área”, disse o treinador.

Luan até o momento entrou em cinco dos oitos jogos disputados pelo São Paulo na temporada, no entanto não iniciou como titular em nenhum deles. Um dos motivos explicados por Ceni é o contrato do atleta que se encerra no final do ano e ainda não há conversas para renovação.

“Tem a questão contratual, que no São Paulo temos como parâmetro não usar jogadores com vencimento de contrato. Acho que isso é uma questão que tem que ser resolvida. Acho que ele (Luan) vai evoluindo aos poucos. Fez um belíssimo gol hoje, ajoelhou, abriu os braços, foi para a torcida... Acho que é legal da parte dele, fazer gols, comemorar. Ele pôde jogar numa posição que não é a dele, mais adiantado, porque o jogo permitia isso. Num dez contra dez, contra um time rápido que é o do Santos, talvez ele tenha um pouco mais de dificuldade, mas espero que ele melhore a cada dia”, concluiu Ceni.

Disney, broncas e elogios: veja o que Abel já falou sobre Endrick em entrevistas

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.