Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

Após vitória, presidente do Água Santa garante bicho de R$ 3 milhões em caso de título

Paulo Korek também assegurou a permanência do técnico Thiago Carpini e de quase todo o elenco para a próxima edição do Paulista

Campeonato Paulista|Pietro Otsuka, do R7


Jogadores do Água Santa vão receber R$ 3 milhões em premiação caso sejam campeões
Jogadores do Água Santa vão receber R$ 3 milhões em premiação caso sejam campeões

O Água Santa viveu uma noite mágica na noite de domingo (2). O Netuno deu mais um importante passo na já histórica campanha do clube na atual edição do Paulistão, ao vencer o Palmeiras por 2 a 1 no jogo de ida das finais do torneio, e o sonho de levantar o mais importante troféu estadual do país segue vivo.

E caso a taça venha de fato a terminar em Diadema, o presidente do clube, Paulo Korek, promete: bicho de R$ 3 milhões para os atletas e comissão técnica.

"O prêmio da federação são R$ 5 milhões, não tem porque não dar a maior parte aos jogadores, pois são eles que fazem tudo isso acontecer. Tá muito próximo, quem sabe a gente conquista esse valor tão sonhado aí", disse Korek, em entrevista ao R7 no final do jogo.

As premiações fartas ao elenco são uma prática adotada pela diretoria do Água Santa desde o início do Paulistão, como forma de incentivar os jogadores. 

Publicidade

Além de bancar o bicho "gigante", Paulo Korek também garantiu a permanência do técnico Thiago Carpini e o retorno de grande parte do elenco deste ano em 2024, para a disputa da próxima edição do Paulistão. 

"Pode tranquilizar a torcida, o contrato do Carpini está renovado até o final de 2024. Nós aproveitamos esse segundo semestre para ele ir fazer o curso da Uefa, aperfeiçoar ainda mais os conhecimentos dele", afirmou.

Publicidade

"Depois ele retorna para fazer estágio em alguns clubes aqui da América do Sul, para voltarmos ainda mais fortes no ano que vem", emendou. 

"O momento é único, a equipe é entrosada. Então praticamente todos os jogadores já estão com pré-contrato assinado. Todos eles saem do Água Santa agora para fazer um segundo semestre fora, mas retornam assim que acabar o Campeonato Brasileiro para estarem no Paulistão do ano que vem", garantiu o presidente.

Publicidade

Sobre os jogadores, a única dúvida é a respeito de Rodrigo Sam, volante e capitão do Netuno neste Paulistão, mas que ficou de fora da primeira final após ter sido expulso nas semifinais contra o RB Bragantino. "O Mezenga vai para o Juventude, mas volta. Só o Rodrigo Sam que ainda tem uma indefinição", completou Paulo Korek. 

Palmeiras e Água Santa voltam a se enfrentar no próximo domingo (9), às 16h (de Brasília), pelo jogo de volta das finais do Campeonato Paulista. Com a vantagem no placar, o Netuno só depende de um empate para conquistar o tão sonhado título, além do bicho generoso de R$ 3 milhões. 

Água Santa vence por 2 a 1 contra o Palmeiras na primeira final do Paulistão 2023; veja fotos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.