Campeonato Paulista Abel Ferreira rechaça favoritismo do Palmeiras no Paulistão 2022

Abel Ferreira rechaça favoritismo do Palmeiras no Paulistão 2022

Técnico disse que a prioridade era o Mundial e a Recopa: 'Tem equipes com muito mais responsabilidade de vencer o Paulistão'

Abel Ferreira orienta o lateral-esquerdo Jorge durante o clássico entre Palmeiras e Santos

Abel Ferreira orienta o lateral-esquerdo Jorge durante o clássico entre Palmeiras e Santos

CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS

O Palmeiras segue invicto no Campeonato Paulista após mais uma vitória em clássico, desta vez contra o Santos, novamente por 1 a 0 - já havia feito o mesmo placar contra o São Paulo, no Morumbi. O técnico Abel Ferreira, contudo, tirou o peso de favoritismo para vencer o estadual desta temporada.

"A gente vem em um processo, crescendo. Quando chegamos ao Palmeiras, esse era nosso elenco, a maioria está aqui. Não houve grandes mudanças na equipe. Houve muito trabalho coletivo de todos. Os jogadores cresceram dentro do Palmeiras. Já disse, tem equipes com muito mais responsabilidade de vencer o Paulistão do que o Palmeiras, porque entramos na temporada com uma prioridade muito clara, que era o Mundial e a Recopa", disse o português lembrando das outras duas disputas do time neste início de 2022.

Por conta do jogo a menos, o Verdão ainda depende de um ponto para confirmar a melhor campanha do regional. Até aqui já são oito vitórias e dois empates - estes conquistados fora da capital, contra São Bernardo e Inter de Limeira, e com o time reserva. Além disso, só sofreu um gol no torneio (justamente contra o Bernô, no empate por 1 a 1).

A equipe venceu a Recopa Sul-Americana contra o Athletico-PR e foi vice-campeã do Mundial de Clubes diante do Chelsea (Inglaterra).

"O Paulista vem como consequência, mais uma vez somos a única equipe que joga de dois em dois dias, três em três. Tenho a confiança para trocar os jogadores jogo após jogo, e eles mantêm o padrão de jogo", disse Abel que emendou cutucando os críticos.

"Fico feliz que a torcida, que é o que me interessa, vê nossa forma de jogar, o empenho dos jogadores. Quanto mais unidos tivermos, a torcida, direção e jogadores, mais temidos seremos. Sei que faz cócegas a muita gente, mas o Palmeiras é isso: muito foco, trabalho, qualidade no jogo", concluiu.

O próximo compromisso do Palmeiras é mais um jogo atrasado pelo Paulistão. Desta vez o confronto é válido pela sexta rodada e será contra o Corinthians, no Allianz Parque, às 20h30 de quinta-feira (17).

Pedro não é o único: veja bons jogadores que são reservas de luxo
 

Últimas