Campeonato Carioca Vale o título: Fluminense e Flamengo decidem o Cariocão 2022

Vale o título: Fluminense e Flamengo decidem o Cariocão 2022

Tricolor venceu o primeiro jogo por 2 a 0 e pode perder por até um gol de diferença que fica com a taça; Record TV Rio transmite a final

Germán Cano durante treino do Flu; os dois gols do primeiro jogo foram do argentino

Germán Cano durante treino do Flu; os dois gols do primeiro jogo foram do argentino

Mailson Santana/Fluminense FC (14.03.2022)

Para conquistar o tetracampeonato inédito no Cariocão 2022 neste sábado (2), a partir das 18h no Maracanã, o Flamengo terá que reverter uma grande vantagem conquistada pelo Fluminense no jogo de ida. A partida, que define o vencedor do Campeonato Carioca, terá transmissão da Record TV Rio, do R7 e PlayPlus.

Vencedor das últimas três edições do Estadual do Rio, o Rubro-Negro perdeu no meio da semana por 2 a 0 e precisa vencer por três gols de diferença para ficar com a taça no tempo normal. Vitória do Flu, empate ou triunfo do Mengão pela vantagem mínima garantem o título ao Tricolor das Laranjeiras. Se o Fla repetir a diferença de dois gols, o campeão será definido nos pênaltis. 

Nesse cenário, o palco não poderia ser melhor. O Maracanã terá casa cheia para o segundo jogo da final do Cariocão. Os ingressos se esgotaram menos de 24h depois do início das vendas.

Pressão pelo título
Campeão da Taça Guanabara, o Fluminense quer mostrar que aprendeu a lição com a eliminação precoce na pré-Libertadores e com a quase queda na semifinal do Estadual. Nas duas disputas o Fluzão abriu boa vantagem no primeiro jogo, mas perdeu o duelo de volta, caindo na competição sul-americana e sendo salvo por Germán Cano nos últimos instantes da semi contra o Botafogo.

Cano, aliás, foi o herói do jogo de ida contra o Flamengo. Saíram dos pés do argentino os dois gols na vitória tricolor de quarta-feira (30).

“É uma vitória que não nos garante nada, vamos colocar a bola no chão de novo e ver o que vai acontecer. Nosso presidente comentou isso, ali no vestiário, o saudoso Nelson Rodrigues, sandália da humildade”, afirmou o técnico Abel Braga.

Gabigol, esperança de gols do Fla

Gabigol, esperança de gols do Fla

Gilvan de Souza/Flamengo (01.04.2022)

Difícil missão
Do outro lado, o Flamengo precisa de gols. E o técnico Paulo Sousa está confiante em que conseguirá. “Nós vamos reverter a situação, não tenho dúvida, sobretudo no nível do jogo que apresentamos”, disse.

“Primeiro, é preciso fazer três gols, temos capacidade para fazer. Temos capacidade tática para superar nosso adversário, mesmo um adversário que tem vantagem de dois gols. Vai continuar fechado e procurando decisões erradas do Flamengo a nível individual. Mas temos confiança nos processos, no elenco e nos nossos jogadores para podermos superar esse caminho difícil e sermos tetra”, completou.

Desfalques e retornos
Pelo lado tricolor, a expectativa é que o atacante Luiz Henrique (trauma no tornozelo) e o zagueiro Nino (dores no adutor da coxa direita) voltem a ser relacionados. Os dois estão em fase final de recuperação de lesões.

Certa é a volta do atacante Fred, que cumpriu suspensão automática no primeiro jogo.

No Flamengo, o atacante Vitinho e o zagueiro Fabricio Bruno sentiram dores durante o jogo de ida e foram substituídos, virando dúvidas para a segunda partida.

Além da dupla, os zagueiros Rodrigo Caio (em transição) e Pablo (lesão no joelho direito) seguem como desfalques. Já o lateral Rodinei, recuperado do desconforto muscular, deve ser relacionado para a final.

FICHA TÉCNICA
Fluminense X Flamengo
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: sábado (2), às 18h (de Brasília)
Transmissão: Record TV Rio, R7 e PlayPlus
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Lima Filho
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Felipe Melo e David Braz; Calegari, André, Yago, Ganso e Cris Silva; William (Luiz Henrique) e Cano. Técnico: Abel Braga.

FLAMENGO: Hugo; Gustavo Henrique (Fabrício Bruno), David Luiz e Filipe Luís; Matheuzinho, João Gomes, Willian Arão, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Paulo Sousa.

Salah e Ibra de fora: veja craques que não têm mais chances de ir à Copa

Últimas