Campeonato Carioca Com time cheio de jovens, Vasco perde para a Portuguesa na estreia

Com time cheio de jovens, Vasco perde para a Portuguesa na estreia

Rebaixado no Brasileirão, equipe teve escalação bem diferente. Sábado, rival será o Volta Redonda, com transmissão da Record TV

  • Campeonato Carioca | Felippe Scozzafave, do R7

Cayo Tenorio lamenta chance desperdiçada pelo Vasco contra a Portuguesa

Cayo Tenorio lamenta chance desperdiçada pelo Vasco contra a Portuguesa

Delmiro Junior/Photo Premium/Folhapress 03.03.21

Rebaixado para a 2ª divisão do Brasileirão na última semana, o Vasco segue seu calvário. Com um time bastante modificado, cheio de jovens, a equipe foi surpreendida pela Portuguesa dentro de São Januário, e perdeu por 1 a 0, na estreia do Campeonato Carioca, na  noite desta quarta-feira.

O único gol do jogo foi marcado por Dilsinho, de cabeça. O resultado coloca a Lusa com 3 pontos na Taça Guanabara, dividindo a liderança com Bangu e Flamengo.

Na próxima rodada, no final de semana, enquanto o Vasco joga na noite de sábado, contra o Volta Redonda, em duelo com transmissão da Record TV para o Rio de Janeiro e outras 26 praças, a Portuguesa encara o Fluminense na tarde de domingo.

Visitantes começam melhor
Com um time bem diferente ao que foi rebaixado no Campeonato Brasileiro, com predomínio de jogadores jovens, o Vasco parece ter sentido a falta de entrosamento. Tanto é que a Portuguesa era quem mais ameaçava. Aos 12, Chay cobrou escanteio e Dilsinho apareceu livre para cabecear. A bola foi para fora.

Aos 23, Chay bateu falta de longe, a bola passou no meio da barreira e obrigou Lucão a fazer boa defesa.

Dilsinho comemora gol da Portuguesa contra o Vasco

Dilsinho comemora gol da Portuguesa contra o Vasco

Marcello Dias/DiaEsportivo/Folhapress 03.03.21

Se na primeira chance Dilsinho não conseguiu marcar, na segunda ele não perdoou. E foi quase que em um replay. Após novo escanteio de Chay, o zagueiro aproveitou a falha da marcação para, de cabeça, mandar para o gol.

Vasco volta diferente
Com a atuação muito ruim na primeira etapa, o técnico Siston, que comanda a equipe antes da chegada de Marcelo Cabo, fez várias alterações. E o Vasco melhorou. E quase empatou logo no primeiro minuto. Juninho bateu e Neguete defendeu. No rebote, Galarza mandou para fora.

Aos 11, Laranjeira recebeu cruzamento e por muito pouco não deixou tudo igual. A bola passou raspando a trave.

Lusa 'cozinha'
Para a sorte da Portuguesa, chegaram os 20 minutos e, com eles, a parada técnica. Foi o único modo de o ímpeto cruz-maltino diminuir. Pelo contrário, os visitantes tiveram uma chance que Lucão defendeu, mas o impedimento de Romarinho foi marcado.

Pressão final
Mais experiente, a Lusinha voltou a ditar o ritmo da partida. E quase liquidou a partida aos 32 minutos. Douglas Eskilo fez jogada pela esquerda, mas o chute foi por cima da meta. Dois minutos depois, Andrezinho chutou de fora da área e a bola foi na trave. Pec até teve nova chance, mas, de novo, não conseguiu dar direção à finalização. Já nos acréscimos, Figueiredo chutou cruzado e a bola foi para fora.

VASCO 0 X 1 PORTUGUESA-RJ

Estádio: São Januário, em São Paulo (RJ)
Data e hora: 3 de março de 2021, às 21h
Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Esposito e Guilherme Vogas Tavares
Cartões amarelos: Ulisses (VAS); Wellington Cezar (POR)
GOL: Dilsinho, aos 31'/1ºT (0-1)
VASCO: Lucão, Cayo Tenório, Ulisses, Miranda e MT (João Pedro, 28'/2ºT); Caio Lopes (Arthur, 35'/2ºT) e Juninho; Gabriel Pec, Lucas Santos (Galarza, Intervalo) e Vinícius (Figueiredo, Intervalo); Tiago Reis (Laranjeira, Intervalo) - Técnico: Diogo Siston.
PORTUGUESA-RJ: Neguetti, Watson (Danilo, 15'/2ºT), Dilsinho, Guerra e Wellington Cezar; Luis Gustavo, Everton Heleno (Muniz, 37'/2ºT), Romarinho (Andrezinho, 37'/2ºT) e Chay; Emerson Carioca (Douglas Eskilo, 29'/2ºT) e Hugo Cabral - Técnico: Felipe Surian.

Jucilei no Boavista: Medalhões disputarão os estaduais em 2021

Últimas