Campeonato Carioca Com time alternativo, Fluminense empata sem gols com o Boavista

Com time alternativo, Fluminense empata sem gols com o Boavista

Pensando na Libertadores, Tricolor teve dificuldade e desperdiçou as chances contra o Verdão na última rodada da Taça Guanabara

Caio Paulista, do Fluminense, e Ryan, do Boavista, na disputa pela bola

Caio Paulista, do Fluminense, e Ryan, do Boavista, na disputa pela bola

Divulgação/Fluminense

Com um time repleto de jogadores do sub-23 e reservas, o Fluminense se despediu da Taça Guanabara, que já levantou com antecedência, empatando com o Boavista por 0 a 0 na tarde deste sábado (12), no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Bacaxá. A partida foi válida pela 11ª e última rodada da primeira fase do estadual.

Com o resultado, o Fluzão chegou aos 28 pontos e agora aguarda a definição do adversário para a semifinal —  Botafogo ou Vasco. Já o Boavista, que escapou do rebaixamento após recuperar três dos sete pontos perdidos por escalação irregular, ficou em 9º e não conseguiu se classificar para a Taça Rio, que reúne os times que terminaram entre a 5ª e a 8ª posições.

O jogo
O primeiro tempo foi bastante equilibrado, apesar de as duas equipes terem tido dificuldade em chegar à área e criar chances de gol. O ponto alto dos 45 minutos iniciais foi a alta quantidade de faltas, que gerou quatro cartões amarelos, dois para cada time.

A chance mais clara de gol veio com Gabriel Teixeira, do Fluminense, aos 12’. O atacante tabelou com Caio Paulista, invadiu a área e, cara a cara com o goleiro, desperdiçou.

O segundo tempo foi totalmente diferente do primeiro. O Tricolor voltou com duas substituições, com Marcelo e Matheus Martins, que deram mais velocidade ao time. Logo aos 5’, Jhonny recebeu na direita e cruzou para Marcelo cabecear, mas o goleiro Fernando levou a melhor e fez bela defesa.

Na melhor chance da segunda etapa, mais uma vez, o Fluminense desperdiçou. Em troca de passes dentro da área, Nonato teve tempo de dominar, pensar e ajeitar para o chute, mas a bola foi para fora, passando bem perto da trave direita.

Por muito pouco o Boavista não abriu o placar em Bacaxá. Aos 31’, Biel cruzou a meia altura e Marquinhos, de primeira, pegou mal e tocou para fora. Foi a grande oportunidade do Verdão na partida.

Nos minutos finais, já nos acréscimos, o Fluminense pressionou, teve duas faltas próximo à área, mas não conseguiu marcar o gol da vitória.

Rumo ao Paraguai
Com o fim da Taça Guanabara, o Boavista se despede do Campeonato Carioca. Já o Fluminense, campeão e classificado para as semifinais, aguarda o adversário ser definido. A primeira partida da semifinal para o Tricolor será no próximo sábado, dia 19, às 20h.

Antes disso, o Time das Laranjeiras vai viajar para o Paraguai para enfrentar o Olimpia no jogo da volta pela terceira fase da pré-Libertadores, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção. A partida será na quarta-feira (16), às 21h30. O Flu pode perder por até um gol de diferença para se classificar.

FICHA TÉCNICA
Boavista 0 x 0 Fluminense
Local: Estádio Elcyr Resende, Saquarema (RJ)
Data e hora: sábado (12/3), às 16h
Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo

BOAVISTA: Fernando; Wellington Silva, Kadu Fernandes, Diogo Rangel, Bull (Miguel); Ryan Guilherme (Sheldon), Ralph, Matheus Alessandro; Marquinhos (Marquinho Macaé), Wandinho (Biel) e Di Maria (Pablo). Técnico: Leandrão

FLUMINENSE: Muriel; Manoel, Matheus Ferraz, Luccas Claro; Jhonny (Marcos Pedro), Wellington, Nonato, Pineida (Edinho), Nathan (Marcelo); Gabriel Teixeira (Gabryel Martins) e Caio Paulista (Matheus Martins). Técnico: Abel Braga

Últimas