Campeonato Carioca Cano marca, Fluminense vence o Vasco por 2 a 0 e segue na liderança

Cano marca, Fluminense vence o Vasco por 2 a 0 e segue na liderança

Com time reserva, Flu venceu o terceiro clássico no Cariocão; ex-jogador vascaíno, Germán Cano abriu o caminho da vitória tricolor

Atacante argentino Germán Cano, do Fluminense, comemora gol contra o ex-clube

Atacante argentino Germán Cano, do Fluminense, comemora gol contra o ex-clube

Lucas Merçon/Fluminense FC (26.02.2022)

O Fluminense mostrou superioridade e venceu o terceiro clássico na temporada. Na tarde deste sábado (26), o Tricolor bateu o Vasco por 2 a 0, no estádio Nilton Santos, e permaneceu na liderança do Campeonato Carioca. Ex-jogador vascaíno, Germán Cano marcou o primeiro gol, ainda no início da partida, e Nonato completou o placar, no fim da primeira etapa.

Com o resultado, o time das Laranjeiras chegou aos 24 pontos e permanece na liderança do Estadual. O rival, apesar da derrota, segue bem na tabela de classificação – ocupa a terceira posição, com 19 pontos.

O jogo
Após um início que parecia equilibrado, a partida mudou totalmente. O Fluminense dominou as ações do jogo, e, logo aos 5 minutos, Germán Cano, ex-jogador do Vasco, abriu o placar.

Em contra-ataque fatal, os jogadores do Flu tabelaram e encontraram o argentino pronto para finalizar no canto direito do goleiro Thiago Rodrigues. O atacante, que enfrentava o ex-clube pela primeira vez, fez valer a "lei do ex".

Pouco tempo depois, aos 15’, Cano recebeu lançamento, invadiu a área e deu assistência para Jhon Arias, que empurrou para o gol. Em lance difícil, o VAR (árbitro de vídeo) foi acionado, e o impedimento, marcado.

Pineida, do Flu, arrisca contra a defesa do Vasco

Pineida, do Flu, arrisca contra a defesa do Vasco

Lucas Merçon/Fluminense FC

O Vasco conseguiu finalizar pela primeira vez somente aos 27’, em cobrança de falta de Nenê e desvio de cabeça de Raniel, sem perigo.

Aos 36’, Martinelli deu lindo drible em Nenê, dentro da área, e passou para Cano finalizar, mas Thiago Rodrigues impediu o gol com uma linda defesa. Na sequência, Ganso cobrou escanteio e Nonato desviou com a ponta da chuteira, ampliando o placar para 2 a 0.

Por muito pouco, Nenê, ex-Flu, não descontou para o Vasco. Já nos acréscimos da etapa inicial, o camisa 10 cobrou falta com perfeição, mas Marcos Felipe se esticou para fazer uma linda defesa.

O segundo tempo começou diferente. O Fluminense diminuiu a intensidade, e a primeira finalização veio aos 16’, com belo chute de Weverton, do Vasco.

A grande chance da etapa final veio somente aos 32’, com uma defesa milagrosa de Thiago Rodrigues. Yago Felipe, de dentro da área, tocou para Willian Bigode chegar chutando à queima-roupa. A bela defesa foi o último lance a levantar o torcedor no Nilton Santos.

Próximos jogos
Caminhando para o fim da Taça Guanabara, Fluminense e Vasco jogam a décima rodada no próximo fim de semana. O Tricolor vai encarar o Resende, no estádio Raulino de Oliveira, no sábado (5), às 16h. Antes disso, o Flu vai ter o jogo de volta da Libertadores, na terça-feira (1º), contra o Millonarios, da Colômbia, às 21h30, em São Januário.

Já o Vasco vai ter o desafio de encarar mais um rival. No domingo (6), o Cruz-Maltino enfrenta o Flamengo, às 16h, no estádio Nilton Santos. Essa partida terá transmissão da Record TV Rio, do R7 e do Playplus.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 2 x 0 Vasco da Gama
Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data e hora: sábado (26/2), às 17h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Gols: Germán Cano, aos 5’/1ºT; Nonato, aos 37’/1ºT (Fluminense)

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro, Pineida; Wellington (Luiz Henrique), Nonato, Martinelli (Yago Felipe), Ganso (André); Jhon Arias (Matheus Martins) e Germán Cano (Willian). Técnico: Abel Braga

VASCO: Thiago Rodrigues; Weverton, Ulisses, Anderson Conceição, Edimar; Matheus Barbosa (Zé Gabriel), Juninho (Getúlio), Bruno Nazário (Jhon Sánchez); Nenê (Andrey), Gabriel Pec (Luiz Henrique) e Raniel. Técnico: Zé Ricardo

Últimas