Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Apresentado na Seleção, Fernando Diniz garante dedicação ao Fluminense

Treinador vai acumular os cargos de treinador do Tricolor das Laranjeiras e da Seleção Brasileira até o meio de 2024

Futebol|Do Live Futebol BR

Fernando Diniz apresentado como técnico da Seleção Brasileira
Fernando Diniz apresentado como técnico da Seleção Brasileira Fernando Diniz apresentado como técnico da Seleção Brasileira

Apresentado oficialmente como técnico interino da Seleção Brasileira, Fernando Diniz garantiu que o acúmulo de funções não vai atrapalhar seu trabalho no Fluminense. Em coletiva, o treinador prometeu dedicação ao Tricolor das Laranjeiras quando não estiver apresentado à Amarelinha.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

"Vou me dedicar 100% onde estiver. Quando estiver no Fluminense, dedicação total. Vou sair daqui e estudar o Inter. Quando estiver na Seleção, principalmente nas datas Fifa, vou me centrar e me dedicar totalmente à Seleção. Claro que sou ser humano e não dá para fazer corte radical. Obviamente pode acontecer, no meio do caminho, ter que fazer um ajuste ou outro. Mas minha dedicação vai ser máxima onde estiver naquele momento".

Publicidade

Leia também

Como Diniz estará ausente do Flu nas datas Fifa, que serão até seis até o fim de seu contrato, o treinador vai confiar a alguns membros de sua comissão técnica os treinos do elenco nos períodos. Isso será acertado com o presidente Mário Bittencourt, apesar de o mandatário já ter dito, em coletiva nesta quarta-feira (5), que o auxiliar Eduardo Barros será o responsável.

"Temos conversado sobre isso, pode ser o Eduardo Barros, um pouco meu rosto quando não posso participar dos jogos. É recente, não precisa ser exatamente assim. Vamos procurar deixar o Fluminense preparado para, quando eu voltar, disputarmos bem todas as competições que tivermos para disputar", afirmou Diniz.

Publicidade

"Eu não vejo conflito, da mesma maneira como não vejo quando nosso preparador é convocado. Temos Marcos Seixas, Valter Veloso, Gabriel Oliveira, Marcão, Igor, Gabriel Viana, que já foram convocados. Essa comissão inteira não está indo, apenas dois auxiliares para ajudar o Fernando. Um desses auxiliares vai ficar, que é o Eduardo Barros. Fernando vai assessorar esses auxiliares que ficarem. Acreditamos na ética e dignidade do Fernando", descreveu o presidente do Fluminense horas antes da apresentação de Diniz.

Amado e odiado: veja o retrospecto de Fernando Diniz, novo técnico interino do Brasil

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.