Futebol Aplicado e arrasador, São Paulo faz Fla cair de quatro no Maracanã

Aplicado e arrasador, São Paulo faz Fla cair de quatro no Maracanã

Volpi pega dois pênaltis e garante vitória do Tricolor em um belo jogo. Rubro-negro não sai da marcação, toma 4 a 1 perde chance de ser líder. Caberia mais

  • Futebol | Eduardo Marini, do R7

Herói da partida, Volpi pegou dois pênaltis, batidos por Bruno Henrique e Pedro

Herói da partida, Volpi pegou dois pênaltis, batidos por Bruno Henrique e Pedro

Wilton Junior/Estadão Conteúdo - 1.11.2020

Flamengo um, São Paulo quatro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020.

Com o resultado, o rubro-negro permanece na vice-liderança do campeonato, com 35 pontos, mesma pontuação, mas atrás no saldo de gols, do Internacional, que perdeu para o Corinthians por 1 a 0 no sábado. O São Paulo chega a 30 pontos, com três jogos a menos do que colorados e rubro-negros. Se tivesse jogado e vencido as três, estaria na ponta com 39 pontos.

Cosme Rímoli: Atuação perfeita e histórica do São Paulo. 4 a 1 sobre o Flamengo

O Atlético-MG, terceiro colocado com 32, tem duas partidas a menos e enfrentará o Palmeiras nesta segunda-feira (2). Se vencer o Verdão, alcançará o Fla em pontos e tomará do rubro-negro a terceira colocação, com uma vitória a mais.

O São Paulo não se intimidou e, no primeiro tempo, de maneira geral, teve mais jogadas de ataque perigosas, apesar do pênalti perdido pelo rubro-negro Bruno Henrique por volta dos 30 minutos da etapa inicial.

O Flamengo iniciou o jogo com uma marcação altíssima, pressionando o São Paulo. E logo teve resultado. Aos cinco minutos, Vitinho ganhou uma bola no alto e ela sobrou para Pedro, que bateu de chapa, de canhota, da entrada da área, no canto direito de Tiago Volpi. Um a zero para o rubro-negro.

A partir daí, a coisa se inverteu: o São Paulo passou a ter melhores resultados com a marcação desde a saída de bola do Flamengo, mas muito mais apertada do que a exercida pelo adversário, que não conseguia ser muito agressivo na maior parte de seus ataques.

Leia mais: Sport cresce no 2º tempo e vence o Athletico Paranaense por 1 a 0

E o resultado veio logo para o Tricolor. Aos 17 minutos, Sara pegou a bola de Reinaldo pela esquerda e cruzou. A zaga rubro-negra rebateu mas a bola sobrou para Tchê Tchê, que dominou e bateu no alto, cruzado, no ângulo direito do ótimo goleiro Hugo Souza. Um a um.

Apesar da forte pressão exercida pelo São Paulo na marcação, o Flamengo teve oportunidade de fazer o segundo aos 30 minutos, quando Everton Ribeiro foi derrubado na área. Pênalti. Bruno Henrique bateu fraco no canto direito de Volpi, que defendeu.

A virada do São Paulo veio aos 45 da etapa inicial. Reinaldo cruzou rasteiro, Gustavo Henrique rebateu mal e a bola sobrou para Brenner bater firme e virar o placar.

O São Paulo voltou no segundo tempo com o mesmo comprometimento, marcando com aplicação e saindo com determinação para o ataque.

E as recompensas não demoram a surgir.

Aos 13 da segunda etapa, em pênalti de Gustavo Henrique em Bruno Alves, Reinaldo fez o terceiro do Tricolor.

E aos 21, com o incentivo de Daniel Alves, que liderou o São Paulo em campo o tempo todo, Volpi pegou mais um pênalti, dessa vez cobrado por Pedro.

Daniel Alves brilhou. Bruno Henrique esteve completamente apagado.

E Tiago Volpi, herói da partida, também. Aos 35 minutos da segunda etapa, em chute longo do goleiro, Luciano disputou a bola com a defesa rubro-negra, entrou na área e fez o quarto do Tricolor.

Uma vitória merecidíssima, de um time que atuou com coragem e consciência tática diante do melhor elenco brasileiro.

Mesmo com a bela partida do São Paulo, a história do jogo poderia ser um pouco diferente de Tiago Volpi não tivesse defendido duas penalidades e dado uma assistência. O herói do jogo, sem dúvida alguma.

E que dá incentivo e força de vez para o Tricolor chegar e lutar pela ponta do campeonato.

Com retorno brilhante de CR7, veja resultados do futebol europeu

Últimas